A indústria cinematográfica americana com suas obras audiovisuais é uma das mais lucrativas dos Estados Unidos. Em 2018, os 100 filmes com maiores bilheterias geraram US$ 25,6 bilhões. E sem tem uma coisa que os filhos do Tio Sam sempre gostaram de fazer é criar novas versões de filmes que deram sucesso na gringa. No gênero horror, nem sem fala, são muitos os remakes espalhados por aí.

Os longas orientais são os mais famosos por sofrerem essas adaptações. Imagens do Além, O Chamado e O Grito são alguns exemplos. Este último ganhou um novo remake bem diferente da primeira versão lançada há quase 20 anos.

E qual é a novidade da vez? A nova versão conta a história de uma detetive que é mãe solteira e enfrenta a maldição de um espírito que busca vingança, após ela investigar uma série de mortes misteriosas em sua cidade.
Com a direção de Nicolas Pesce, muito conhecido nas produções independentes e filmes de baixo orçamento, o novo O Grito caminha para uma trama carregada de suspense, que vai na contramão aos blockbusters de terror, porém, com a presença das famosas cenas previsíveis de sustos clichês.

Cena do filme ‘O Grito’. Foto: Divulgação/Sony Pictures

Mesmo com um elenco de peso, o filme confunde o público por trazer grandes nomes do gênero de onde eles são realmente conhecidos. É o caso do ator John Cho, conhecido por trabalhar na série O Exorcista, Lin Shaye, famosa por interpretar a sensitiva Elise Rainier na sequência Sobrenatural (Insidious) e Andrea Riseborough, conhecida por atuar em um dos episódios de Black Mirror.
Mais uma vez, uma nova versão de um clássico decepciona e só confirma a estratégia do cinema hollywoodiano de prezar lucrar com adaptações fajutas. O Grito é o típico filme que tentou homenagear as produções anteriores com cenas icônicas, mas que pecou por trazer uma história sem grandes reviravoltas, resultando em um suspense chocho.

O Grito estreia nesta quinta-feira (13) nos cinemas de Curitiba.

Avaliação: ⭐⭐1/2
Pra quem gosta: terror
Pra assistir: amigos, crush e sozinho
Filmes/Séries semelhantes: A Maldição da Residência Hill, Ouija – A Origem do Mal e Terror em Silent Hill