É verdade. Você pode sugerir onde o prefeito deve investir o dinheiro dos nossos impostos. Se você acha que falta remédio ou médico no postinho de saúde, ou se você acha que falta investimento nas creches, ou se você acha que precisa asfalto na rua onde você mora ou por onde você passa, ou ainda se você acha que precisa de mais conservação de parques e praças essa é a hora de você participar! E apure, porque só tem hoje e amanhã.

Você pode pensar: “Ah mas isso é impossível”, ou então “nem vai dar em nada.” Será? O Anderson Teruya, morador do Mossunguê, participou da consulta pública da Câmara Municipal no dia 11 de outubro de 2019. Escreveu no site pedindo que a prefeitura asfaltasse a rua José Izidoro Biazetto, no trecho entre a BR até a rápida que vai para o Campo Comprido. Um dos vereadores de Curitiba fez um requerimento à prefeitura com essa solicitação, no dia 20 de janeiro de 2020. Sete meses depois, em 11 de agosto, a Prefeitura anunciou o asfaltamento da rua exatamente neste trecho.

+ Veja também: Afinal, você sabe exatamente o que fazem os vereadores?

Esse é só um exemplo que podemos citar que envolve o exercício da cidadania por parte da população, o efetivo trabalho dos vereadores e o trabalho executado pela prefeitura. Aquele ditado “quem pede não ganha” aqui não funciona, né? Tem que pedir, tem que participar, e a hora é agora!

Como o prazo é curto, vou te contar aqui rapidinho como participar. A Câmara Municipal de Curitiba abriu, no início deste mês, uma consulta pública perguntando para todos os curitibanos qual deve ser a prioridade de investimentos no orçamento de Curitiba para o ano que vem.

+ GUIA DOS CANDIDATOS: Saiba tudo sobre os candidatos nas Eleições 2020

Basta entrar no site da Câmara de Curitiba e responder a um formulário rápido. Não leva mais de 2 minutos. Você vai colocar seu nome, idade, bairro onde mora e definir qual deve ser a prioridade – Assistência Social, Cultura, Educação, Esporte e Lazer, Habitação, Meio Ambiente, Obras, Saúde, Segurança Pública e Transporte.

E ainda tem um espaço em branco para você escrever o que quiser! E aqui eu dou alguns exemplos deste ano de quem já participou pelo site ou pelas mídias sociais da Câmara: O Rafael Busanello mora no Portão e indicou como prioritárias as áreas de segurança, transporte e meio ambiente: “Mais ciclovias ou ciclofaixas, principalmente na Região Sul”. Já a Renata Santana mora no Alto da XV e quer uma linha de ônibus direta para chegar aos bairros Hauer e Bigorrilho pagando apenas uma passagem.

+ Leia mais: Diretor de Comunicação da Câmara dos Vereadores de Curitiba estreia coluna na Tribuna

Essas sugestões serão apresentadas em audiência pública na Câmara Municipal no dia 4 de novembro e podem ser oferecidas pelos vereadores como emendas parlamentares ao orçamento. Como o nome já diz, emenda é justamente esse adendo, esse algo a mais, no projeto da prefeitura que estabelece o investimento na cidade para o ano que vem.

Orçamento da cidade

O orçamento da cidade é a previsão do investimento da prefeitura em áreas importantes. No projeto da prefeitura, a área que vai receber maior investimento é a Saúde, que terá R$ 2 bilhões. Depois, vem a Previdência Social dos servidores com R$ 1,8 bilhões; Educação com R$ 1,5 bilhões; Urbanismo com R$ 1,3 bilhões; Administração com R$ 622 milhões; e por aí vai…

Participe. Sua opinião é muito importante e pode mudar a sua vida e a de várias outras pessoas. Depois não adianta reclamar.

Gostou? Comente aqui para que possamos trazer mais conteúdos como esse.

E leia mais sobre política em Filipi Oliveira