Na última quarta-feira, a Globo, a RPC e a RBS inovaram com a transmissão da semifinal da Copa do Brasil, ao vivo, entre Athletico e Grêmio. Mesmo com a internet, são raros os casos em que a Globo deixou de passar duas telenovelas no mesmo dia por causa do futebol. As exceções são jogos da Seleção Brasileira em torneios importantes e Copa do Mundo, como a de 2014 aqui mesmo no Brasil, em que havia jogos começando às 19h, como ocorreu agora. No resto do Brasil – fora Paraná e Rio Grande Sul -, teve programação normal e novelas com capítulos especiais que, segundo a emissora, não iriam trazer novidades no desenrolar das tramas.

Um ato ousado pelo conservadorismo da Globo quando o assunto é mexer em horários das novelas. Mas, a emissora já percebeu o quanto o ao vivo é importante para manter a audiência da TV, além de gerar uma movimentação gigantesca nos ambientes virtuais.  É todo mundo falando do jogo e, por consequência, da Globo, nos comentários e postagens nas redes sociais.  

A semifinal de quarta passada teve o comando do narrador Cléber Machado, do primeiro time da casa. Ao lado dele, esteve um comentarista da cada estado envolvido na disputa. Cristian Toledo e o gaúcho Maurício Saraiva foram escolhidos para analisar a partida. Na reportagem, Nadja Mauad ficou com a cobertura do Furacão, enquanto Leonardo Müller traz as informações do tricolor gaúcho. Vai virar tendência essa flexibilidade e novas possibilidades nas grades de programação da emissora vai acontecer. Por isso, não se assuste quando a Globo acabar com a Sessão da Tarde. Por que não?