Um dos principais berços da luta em pé do Brasil está pronto para receber o WGP Kickboxing mais uma vez. O maior evento de kickboxing da América Latina chega a Curitiba pela terceira vez com um card que promete sacudir a capital paranaense. O main event da noite será a final do Challenger GP dos meio-médios (até 71,8kg), que reúne quatro dos principais nomes da categoria na América Latina. De um lado Robson Minotinho duela com Marcos Carvalho, enquanto do outro Petros Cabelinho encara Eliezer Silva. O vencedor garante uma chance como próximo desafiante de Bruno Gazani, posto ocupado recentemente por Minotinho e Cabelinho, por exemplo. Outros destaques do WGP 57 ficam por conta da presença de Ariel Machado no duelo diante do paraguaio Marcelo Nuñez e de Jordan Kranio que encara o suiço Sebastien Fleury, além da luta bônus entre Jhonata Diniz e Lucas Monteiro. Outro duelo aguardado é o embate feminino entre Julie Werner e Nicolle Caliari. O evento conta com transmissão ao vivo do Canal Combate, Bandsports e Fox Sports.

“Retornar a Curitiba é quase que uma obrigação no calendário anual do WGP. Uma cidade que respira as artes marciais, principalmente a luta em pé. Montamos esse GP com quatro dos melhores atletas da categoria e tenho certeza que todo mundo quer vê-los dando tudo por essa chance de lutar pelo título, no caso do Cabelinho e do Minotinho, uma nova oportunidade. E tem a presença de nomes mundialmente conhecidos como Ariel e Jhonata. Sem dúvidas o evento vai pegar fogo e a expectativa é de uma noite memorável”, afirma Paulinho Zorello, diretor-executivo do WGP.

No último Challenger GP dos meio-médios realizado no WGP 49, a categoria conheceu seu desafiante na época, através de um Challenger GP com 8 atletas insano. Dessa vez apenas quatro atletas lutam pelo posto, mas a briga promete ser tão dura quanto. O vencedor da última edição do torneio, Petros Cabelinho, é um dos participantes. Aos 21 anos, ele tenta voltar à disputa de título após a derrota para Bruno Gazani no WGP 53 e o primeiro desafio é diante de Eliezer Silva. Para conquistar sua 15ª vitória na carreira, o curitibano vai ter que suar, já que Eliezer também vem forte apesar do revés sofrido para Junior Luiz, na edição 55. O mato-grossense soma oito vitórias em 11 lutas na carreira, sendo quatro delas no evento.

Do outro lado estarão Robson Minotinho e Marcos Carvalho. Tido com um dos principais nomes peso por peso da organização, Minotinho chega com moral. Aos 26 anos, o paulista soma 12 vitórias em 16 lutas e nas últimas sete lutas no WGP só foi derrotado por Bruno Gazani na disputa de título ocorrida em 2018. Já o anfitrião Marcos Carvalho é pupilo de Rafael Teixeira, ex-lutador do WGP e nome conhecido na capital paranaense. Aos 22 anos, o lutador tem 11 vitórias na carreira, sendo cinco por nocaute, e três derrotas. Ele soma cinco participações no evento e sua última vitória foi o nocaute sobre Tiago Baader, na edição 52.

O WGP 57 conta ainda com dois duelos de peso no card principal. O anfitrião Ariel Machado, lutador de renome internacional, volta ao WGP para se apresentar de novo na frente dos fãs em sua cidade natal. Com um cartel de 49 vitórias, sendo 34 por nocaute e apenas nove derrotas, o curitibano faz seu quinto duelo no WGP em busca do quarto triunfo consecutivo. Ele encara o paraguaio Marcelo Nuñez, que já fez uma luta no WGP e também com outra pedreira. Ele encarou o campeão dos cruzadores Cesal Almeida. Aos 29 anos, o paraguaio tem um cartel mais modesto de 10 vitórias em 13 lutas disputadas, mas promete dar trabalho ao brasileiro.

Outro combate muito aguardado é de Jordan Kranio diante do suiço Sebastien Fleury. Com duas conquistas de GP, duas disputas de cinturão e três nocautes no WGP, Kranio é um dos destaques recente do evento, inclusive ele participou da última edição, na Argentina, quando venceu Nikolas Vega. Seu adversário, que faz sua estreia no WGP, chega respaldado por um cartel expressivo de 30 vitórias em 40 lutas.

O card conta ainda com uma luta bônus para lá de especial. O também curitibano Jhonata Diniz, lutador conhecido mundialmente, encara o estreante Lucas Monteiro. Já entre as mulheres o destaque vai para o duelo entre Julie Werner e Nicolle Caliari, que substitui Nina Loch. Julie, que era campeã interina, foi declarada campeã linear após a lesão de Nina e o cancelamento do duelo pela unificação do título. A luta com Nicolle não vale o cinturão.

WGP 57: Light Middleweight Challenger GP

Data: 13/09

Local: Ginásio do Tarumã – Av. Victor Ferreira do Amaral, 1749 – Tarumã, Curitiba – PR

Hora: 18h20 (Undercard) / 22h00 (Super Fights) / 23h30 (Main Card)

Ingressos: bit.ly/2yYdXWY

WGP 57 Main Card

Main Event: Challenger GP – Final

Peso Meio-médio (71,8kg)

Vencedor da Semifinal 1 vs Vencedor da Semifinal 2

Special Fight

Peso Meio-Pesado (até 94,1kg)

Ariel Machado (Hemmers Gym/CWB Fight Club) vs Marcelo “Perro Loco”  (Fight Center/Team Pain)

Special Fight

Peso Meio-Pesado (até 94,1kg)

Jhonata Diniz (Santa Fé Team) vs Lucas Monteiro (Júnior Vidal Team)

Special Fight

Peso Leve Feminino (60kg)

Julie Werner (Sigma Gym) vs Nicole Calliari (Thai Brasil)

Special Fight

Peso Super-Leve (64,5kg)

Jordan Kranio (Teixeira Team) vs Sebastien Fleury (Tone Up Crossfit and Fight)

Challenger GP – Semifinal 2

Peso Meio-médio (71,8kg)

Robson “Minotinho” (Peso Pesado Team) vs Marcos Carvalho (Teixeira Team)

Challenger GP – Semifinal 1

Peso Meio-médio (71,8kg)

Petros Cabelinho (World Strong Fight Team) vs Eliezer Silva (Binho Boxing 78)

WGP Super Fights

Super Fight

Peso Pesado (94,1kg)

Fernando Almeida (Immortal – BRA) vs Carlos Meza (Team Fight Center/Valderrama Gym – PAR)

Super Fight

Peso Super-Médio (78,1kg)

Matheus Nogueira (Teixeira Team) vs Leonardo Silva (Santa Fé Team)

Super Fight

Peso Super-Leve (64,5kg)

Daniel Antunes (Killer Bees) vs Hugo Marques Caveira (Teixeira Team/Grupo Nocaute)

WGP Undercard

Fight

Peso Leve (60kg)

Felipe Zandoná (Zito Fight Team) vs Eduardo Macenas (Fight Lab)

Fight

Peso Meio-Médio (71,8kg)

João ‘Feijão’ Machado (Zito Fight Team) vs TBA

Fight

Peso Cruzador (85,1kg)

Mateus ‘Balrog’ Moreira (Immortal) vs Gabriel Motta (Teixeira Team Guaratuba)

Fight

Peso Leve (60kg)

Luis Henrique Martins (Chute Boxe Monstro) vs Daniel ‘Chiquinho’ Farias (Galla Fight/Teixeira Team)

Fight

Peso Galo Feminino (54kg)

Luana Barbosa (Shogun team/Figth Clan) vs Maria Heloisa (Team Marquette)

Fight

Peso Super-Leve (64,5kg)

Sergio Bernardo (SB Fight Team) vs Vinicius Freitas (King Sharks)

Fight

Peso Leve Feminino (60kg)

Thaina Borges (Fight Clan) vs Natasha Simon (Black Diamond)

Fight

Peso Super-Leve (64,5kg)

Rodrigo Passos (On Prime Fight Team) vs Rodrigo Vieira (Contini Fight)

Fight

Peso Leve (60kg)

Bruno Marques (Killer Bees) vs TBA

Fight

Peso Meio-Médio (71,8kg)

Pedro Gomes (Fight Clan) vs Otacilio Cena (King Sharks)