Mackenzie Dern estreou com vitória no UFC, diante de Ashley Yoder, e fez um pedido: lutar no Brasil. O organização prontamente atendeu e ela está escalada pro evento deste sábado (12), a partir das 19h15, no Rio de Janeiro.

Especialista no jiu-jitsu, a americana, que também se considera brasileira, queria uma oportunidade de lutar próxima aos fãs brasileiros e, certamente, ela contará com o apoio da galera na Jeunesse Arena. Filha do mito da arte suave, Wellington “Megaton” Dias, Mackenzie lutará pela primeira vez na frente de seu pai.

Leia mais: UFC 224 conta com três caras que podem chocar o mundo no Rio de Janeiro

“É incrível que meu pai estará lá. Vai ser muito bom representar o Brasil lá”, disse a lutadora ao site oficial do UFC. Sob os holofotes no mundo da luta desde cedo, Mackenzie migrou para o MMA recentemente e tem feito bonito até então. São seis vitórias e nenhuma derrota.

“Muitas pessoas acompanharam a minha primeira luta como profissional. Isso me faz melhorar ainda mais”, ressalta a atleta. “Lido bem com a pressão”, completa. A americana tem tido uma sequência grande de lutas nos últimos meses. Em pouco mais de um ano, Mackenzie fez quatro confrontos e agora está focada para a sua quinta aparição em pouco tempo, diante de Amanda Cooper.

“Estou pronta e muito motivada pra essa luta, pois sei que contarei com a torcida brasileira. Tenho certeza que vou finalizar esse confronto”, frisou Mackenzie.