enkontra.com
Fechar busca

BLOGS

Diogo Souza

Direto do Octógono

Diogo Souza

Notícias sobre o mundo da luta. Tudo sobre artes marciais, MMA, UFC e outros campeonatos e eventos.

Lutador paranaense deixou o Chelsea pra se dar bem no MMA

  • Por Diogo Souza
Ricardo Prasel derrotou Alison Vicente no último fim de semana. Foto: Marcio Valle/Primeiro Round.

Dos gramados pro octógono. Uma mudança de vida um tanto quanto incomum, mas que tem feito muito bem ao paranaense Ricardo Prasel, 28 anos, de Guarapuava. O peso-pesado era goleiro profissional e chegou até a vestir a camisa do poderoso Chelsea, da Inglaterra. No entanto, uma contusão fez com que o jovem tivesse que alterar os seus planos.

+ Leia mais: Confira as próximas lutas do UFC em 2018 

“Acabei encerrando a carreira após um longo tempo sofrendo com um bursite crônica no quadril devido a quantidade de quedas realizadas durante o treinamento de goleiro. Fiquei poucos meses no Chelsea e foi algo que marcou a minha vida”, disse o Alemão, como é conhecido. Aliás, marcou mesmo. Quem aí não gostaria de jogar uma “pelada” com Ballack e Drogba? Na época, os “Blues” contavam com o ídolo Petr Cech na meta e o português Henrique Hilário era o primeiro reserva. Com isso, o paranaense acabou disputando a maior parte das partidas pelo time B.

prasel-balack

Como não conseguiu seguir o seu rumo nas quatro linhas, Alemão passou a treinar jiu-jitsu por influência do irmão, que já era um lutador de MMA. O ano era 2012 e, após ter vencido alguns campeonatos na arte suave, ele decidiu estrear no octógono. Um grande passo dentro do mundo das lutas, já que o paranaense sequer havia treinado. “Fui direto no profissional, só pra ver como era e sentir o clima. Eu nunca tinha treinado em pé na vida (risos). Quando me perguntam quando de fato comecei MMA, eu falo que foi em 2015, pois foi quando entrei de cabeça nesse sonho. E foi assim, lado a lado com meu irmão”, frisou o lutador.

O sucesso foi imediato. Até maio deste ano, Prasel tinha nove vitórias consecutivas em sua carreira e não sabia o que era ser derrotado. Entretanto, em sua estreia pelo Rizin, tradicional evento japonês, ele acabou sendo superado pelo croata Ante Delija. A volta por cima aconteceu no último fim de semana. Na luta principal do Imortal FC 10, realizado na Striker’s House, Alemão passou pelo curitibano Alison Vicente, da Chute Boxe.

+ Leia também: Confira todos os detalhes do UFC Fortaleza!

Hoje, o paranaense não vive mais ao lado de grandes estrelas do futebol e ainda busca o seu lugar ao sol no MMA. Mas, a satisfação de ser um lutador tem sido grande para o peso-pesado. “O MMA é muito mais desgastante que o futebol, mas é muito mais prazeroso após uma vitória, apesar de ser muito mais doído após uma derrota também (risos). No MMA você precisa vencer para crescer e chegar em grandes eventos. Não tem espaço para erro”, destacou Alemão. Entre seleção brasileira e UFC, o atleta de Guarapuava tem certeza do que sempre quis. “Escolheria mil vezes estar num grande evento como o Ultimate”, finalizou.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

prasel-drogba

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas dos blogs

Fotógrafos da Tribuna

Tribuna em foco

Fotógrafos da Tribuna

Apresentamos para você um olhar diferente sobre a construção da notícia e os bastidores de uma equipe de reportagem.

·

‘Presente’ em preto-e-branco!

Galera da Tribuna

Futebol Bizarro

Galera da Tribuna

Mão de alface, frangueiro, perna de pau, pipoqueiro, prego e todas as mancadas que se vê no futebol. Venha se divertir com a gente!

·

Libertadores: Troféu com baita gafe!

Diogo Souza

Direto do Octógono

Diogo Souza

Notícias sobre o mundo da luta. Tudo sobre artes marciais, MMA, UFC e outros campeonatos e eventos.

·

Netto BJJ junta os cacos no UFC após primeira derrota na carreira

Últimas Notícias

Mais comentadas