O mundo das lutas tem se movimentado cada vez mais durante a quarentena, colocando mais emoção e adrenalina aos amantes da pancadaria nesse período tenebroso.

Neste mesmo período, além do retorno do UFC, o que mais tem chamado a atenção é a possível trilogia entre os ex-pugilistas Mike Tyson e Evander Holyfield. E essa luta vai rolar sim. Calma galera, isso não é um furo de reportagem e não tenho nenhuma informação privilegiada com relação a isso. Mas é uma aposta que faz todo o sentido. Principalmente para os envolvidos no negócio.

Com mais de 50 anos, a dupla registrou seus treinamentos recentemente em vídeos divulgados em suas respectivas redes sociais. E quem viu, ficou espantado. Não tem nada de caras próximos à terceira idade ali, relaxados e tudo mais. Meu irmão, aqueles malucos mostraram intensidade pura.

Não há nada cravado para que a trilogia aconteça, mas o próprio Holyfield já confirmou que representantes dos dois têm conversado nos bastidores para que o combate do século aconteça.

É claro que muitos antigos vão relembrar outras grandes rivalidades do boxe, mas, para quem, assim como eu, acompanhou o esporte na década de 90, pode notar que esses caras eram como cachorro e gato. Em 1997, por exemplo, no segundo encontro entre eles, Tyson chegou a arrancar parte da orelha do rival.

É claro que essa rivalidade não é mais a mesma e os ex-pugilistas até já reforçaram que são amigos. Mas, vai dizer, uma trilogia entre eles seria alucinante. Pra relembrar, o primeiro encontro entre os dois aconteceu em 1996, com Holyfield levando e melhor. No ano seguinte, com o fato bizarro citado acima tendo acontecido, Tyson acabou sendo desqualificado.