A lutadora do UFC, Polyana Viana, ganhou as manchetes dos principais jornais pelo Brasil por ter reagido a um assalto, nesta semana, no Rio de Janeiro, batido e dominado o ladrão. Porém, após o fato, ela tomou um susto ainda maior. O motivo seria o pedido de sua prisão, feito por um promotor de Justiça.

Por meio das redes sociais, as mensagens viralizaram. Foram mais de 20 mil compartilhamentos no Facebook sobre o tal pedido de prisão. Mas, tudo não passava de uma fake news, ou, pra ser mais direto, uma baita mentira. Entretanto, o boato causou problemas para a atleta.

+ Leia mais: Lutadora reage a assalto e dá lição em bandido

O motivo é que o burburinho chegou ao Pará, região da família da lutadora. A mãe de Polyana chegou a passar mal por conta disto. “”Minha irmã me ligou 20 vezes. Ela e a minha mãe ficaram desesperadas. Fiquei muito preocupada, mesmo agindo em legítima defesa”, disse a lutadora, em entrevista ao jornal Folha.

Após o assunto ser passado a limpo, Polyana seguiu com a rotina de treinamentos, já que o UFC confirmou um novo compromisso pra ela. Em março, ela enfrenta Hannah Cifers, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Instagram Compartilhe no Twitter Compartilhe a Tribuna