Embalado por dois nocautes impressionantes, José Aldo voltou a receber uma pedreira pela frente. Desta vez, o seu visitante era o australiano Alexander Volkanovski, que também vinha em um excelente momento no UFC. O “Rei do Rio” buscava mais um triunfo para se colocar novamente na briga pelo cinturão peso-pena, que pertence a Max Holloway.

O primeiro round foi de bastante movimentação. O australiano explorava os chutes baixos, uma das principais características do brasileiro. Enquanto isso, José Aldo mostrava que estava com a esquiva em dia e soltava o contra-ataque com golpes nas linha de cintura.

Aldo levava a melhor na trocação no segundo assalto. Com isso, Volkanovski passou a segurar mais o jogo e encurralar o brasileiro na grade, para desespero do público presente na Jeunesse Arena.

O gringo explorou ainda mais essa tática no terceiro assalto e recebeu a vaia de todos. Com isso, a decisão ficou nas mãos dos árbitros laterais. Na definição, a vitória ficou com o australiano Alexander Volkanovski.

Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Instagram Compartilhe no Twitter Compartilhe a Tribuna