De acordo com a mídia estatal do Irã, o lutador Navid Afkari foi executado neste sábado (12). O atleta havia sido condenado à morte pelo assassinato de um segurança do governo iraniano em um protesto ocorrido em 2018.

A defesa do lutador, entretanto, vinha ressaltando que Afkari foi torturado para confessar o crime, mas, que ele não estava no local. O atleta tinha 27 anos.