O MMA agora faz parte dos treinamentos dos policiais de elite do Paraná. Técnicas de artes marciais estão sendo aplicadas nos novos cursos de operação táticas especiais da Polícia Civil. Os trabalhos têm ocorrido na equipe CM System, de Curitiba, e é liderado pelo ex-lutador do UFC, Cristiano Marcello. O carioca, que é radicado na capital paranaense, tem aperfeiçoado os trabalhos de defesa pessoal de 23 policiais que fazem parte do curso.

Leia mais: No “Oscar do MMA” quem venceu foi Curitiba

“Introduzir os conceitos do MMA em um curso tão importante para a Polícia Civil do Paraná é motivo de muita honra para mim. É uma responsabilidade gigante repassar técnicas das artes marciais para esses verdadeiros heróis do nosso país. Tenho certeza que eles sairão do curso ainda mais bem preparados para defender nossa sociedade”, disse o treinador, que comanda atletas de ponta do MMA, como Elizeu Capoeira e Felipe Silva – ambos fazem parte do plantel do UFC.

De acordo com Marcello, a prática de artes marciais ajuda muito os policiais tanto na parte física como psicológica para desempenhar os seus trabalhos nas ruas do Estado. “Colocar o arte marcial na segurança pública é muito importante. Eles já fazem um grande trabalho, mas quanto mais preparados em todos os sentidos é melhor”, frisou o ex-atleta, que comemorou o fato de o MMA ganhar ainda mais importância junto à sociedade.

“O que é mostrado é de alta eficiência para o dia a dia dos policiais. Ver eles fazendo as posições que nós temos mostrado é muito bom. O melhor retorno pra mim é esse. É uma honra estar trabalhando com caras tão bem gabaritados como eles”, ressaltou o treinador.