A curitibana Cris Cyborg faz nesta quinta-feira (15) a sua primeira defesa de cinturão peso-pena do Bellator. A brasileira encara a australiana Arlene Blencowe na luta principal do evento em Connecticut, nos Estados Unidos.

Para o confronto, a curitibana reeditou uma parceria de sucesso feita nos tempos da Chute Boxe. Cris voltou a treinar com o seu antigo técnico Rafael Cordeiro, na Califórnia. Anteriormente, a atleta vinha trabalhando na África do Sul.

>> Tudo sobre MMA, UFC e Bellator

“Ele foi o meu primeiro treinador, me ensinou a dar meu primeiro chute, meu primeiro soco. É muito bom estar de volta, treinando com ele. Ele me conhece desde o início, o que é muito, muito legal”, disse a brasileira à ESPN.

Quem também comemorou o reencontro da lutadora com seu antigo técnico foi o líder da Chute Boxe, o mestre Rudimar Fedrigo.

Cris Cyborg na época em que treinava na Chute Boxe. Foto: Hugo Harada/Arquivo/Gazeta do Povo.

“Acredito em mais uma vitória da curitibana Cris Cyborg, agora junto com o Rafael Cordeiro. Os dois juntos, como tiveram sempre uma sintonia, esse reencontro vai beneficiar bastante. Fiquei feliz também de saber que cada vez que ela é anunciada, é apresentada como natural de Curitiba. Ela representa as artes marciais da nossa cidade internacionalmente”, ressaltou Rudimar.

Onde assistir a luta de Cris Cyborg no Bellator

O confronto entre Cris Cyborg e Arlene Blencowe terá transmissão da ESPN Brasil, nesta quinta-feira, a partir das 23h (horário de Brasília). O card do evento ainda conta com outros dois brasileiros: Leandro Higo e Patricky Pitbull.