A brasileira Claudinha Gadelha passou pela americana Angela Hill na madrugada deste domingo, pelo UFC Flórida. A vitória veio em uma decisão dividida dos árbitros.

Histórico

Claudinha Gadelha pedia por uma adversária ranqueada. Porém, o UFC lhe concedeu a americana Angela Hill, que ainda não estava no ranking, mas vinha de três vitórias consecutivas.

A lutadora potiguar também vinha embalada por um grande resultado contra Randa Markos, após ter mudado de equipe no ano passado. Com isso, a empolgação era grande para que a brasileira voltasse a estar no caminho do cinturão.

A luta

O confronto iniciou com domínio de Claudinha Gadelha. A potiguar foi intensa do começo ao final, levando a luta para o solo e passando o caminhão por cima da americana ali no octógono.

A história foi completamente diferente no segundo round. Angela Hill se soltou mais, ganhou confiança e encaixou os melhores golpes. Em um deles, a americana conseguiu tirar sangue do olho direito da brasileira.

No último assalto, Claudinha parecia desgastada. Angela Hill sobrou e mostrou a boa forma física, acertando bons golpes e se movimentando. No entanto, em uma decisão surpreendente, os árbitros deram a vitória, de forma dividida, à brasileira.