A estreia do curitibano Augusto Sakai no UFC mostrou que o peso-pesado tem tudo para incomodar os adversários da sua categoria. Contra o americano Chase Sherman, em São Paulo, o atleta das equipes Gile Ribeiro/Noguchi quebrou a mão logo no primeiro round e acabou vencendo por nocaute no último assalto. Foi na base da raça e da superação.

Após o triunfo, o curitibano teve que ser submetido a uma cirurgia, ficando de fora do octógono por seis meses. “Foi um tempo bom. Sempre me mantive ativo, fazendo o que dava pra fazer. A minha preparação está 100%. Desde o começo do ano eu já vinha em um ritmo muito bom. Quando fechou essa próxima luta, a gente só organizou a estratégia pra buscar a vitória”, destacou Sakai à Tribuna.

O próximo compromisso do peso-pesado será já no dia 27, pelo UFC Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. Pela frente, o curitibano terá o ex-campeão Andrei Arlovski. Com 40 anos, o Pitbull é um dos lutadores mais experientes em ação no Ultimate. Entretanto, o bielo-russo não vive um bom momento, já que não vence há três lutas.

“O Andrei está no ranking dos pesos-pesados. Acredito que eu entro no lugar dele. Ele buscava muito o nocaute em toda a sua carreira, mas acredito que da parte dele, ele vai querer a luta agarrada. Ele vai querer travar. Vamos estar ligados em tudo pra não sermos surpreendidos”, frisou Sakai.

A experiência de Arlovski, que possui 27 vitórias e 17 derrotas em seu cartel de lutas, será colocada em jogo contra um brasileiro que ainda busca o seu espaço. Com 27 anos, Augusto Sakai começou a sua carreira em eventos brasileiros até ser contratado pelo Bellator em 2013. Após o fim do seu vínculo com a organização, ele voltou a lutar em Curitiba, até conseguir uma oportunidade no reality show Contender Series, que é promovido pelo UFC. Lá, Sakai derrotou Marcos Conrado Jr e assinou contrato com o Ultimate.

Agora, a oportunidade de pegar um cara de nome pode ser a chance de ouro para o curitibano. “Ele é um ex-campeão, muito conhecido e tem uma longa história. Eu só posso falar que ele vai ser a minha próxima vítima”, concluiu. Augusto Sakai possui 12 vitórias, uma derrota e um empate em seu cartel de lutas.R

Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Instagram Compartilhe no Twitter Compartilhe a Tribuna