A curitibana Ariane Lipski acabou sendo derrotada pela quirguistanesa Antonina Shevchenko, na noite deste sábado (21), pelo UFC 255, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

A derrota ocorreu por nocaute técnico no segundo round. Foi o terceiro tropeço da curitibana em cinco lutar pelo UFC.

Histórico de Ariane Lipski e Antonina Shevchenko

A curitibana Ariane Lipski, 26 anos, ficou conhecida como a Rainha da Violência ao ter faturado o cinturão do evento polonês KSW. Pelo UFC, a atleta da Rasthai teve duas derrotas consecutivas, mas se recuperou e embalou dois triunfos na sequência.

Já a quirguistanesa Antonina Shevchenko chegava para a luta com um cartel irregular, alternando vitórias e derrotas. Em seu último confronto a irmã da campeã Valentina acabou tropeçando contra Katlyn Chookagian.

A luta

O duelo começou com muita trocação e Ariane levando a melhor. Logo na sequência, as atletas ficaram clinchadas na grade. Antonina conseguiu uma boa queda e imobilizou a brasileira. A gringa acabou trabalhando mais e levou o round.

No segundo round, Antonina conseguiu aplicar uma queda logo de cara. A gringa dominou a brasileira no solo e Ariane apenas se defendia, até o árbitro interromper o confronto.

Veja o vídeo:

+ Mais do mundo das lutas:

+ Globo repete ‘esquema UFC’ e terá retorno de Tyson ao vivo apenas no PPV
+ Mike Tyson chama a atenção por treinos com técnico curitibano