Você é meio desligada ou até mesmo considera-se iniciante quando o assunto é maquiagem? Em caso positivo para qualquer uma das situações, a coluna de hoje foi escrita para lhe ajudar. Aprenda comigo como escolher a melhor máscara de cílios para o seu caso – não, elas não são todas iguais!

Hoje, temos uma infinidade de produtos para as pestanas: uns prometem mais volume; outros, mais alongamento; há também aqueles que afirmam sustentar a curvatura dos cílios; ah, e sem falar nos que clamam fazer tudo isso e mais um pouco! Para escolher, não há muito segredo: basta ver quais são as suas necessidades!

O que não muda são os acabamentos encontrados nas máscaras de cílios – esses podem causar a maior confusão se você não está habituada a usar maquiagem. Basicamente, existem três tipos: lavável, à prova d’água e com tecnologia tubo. A seguir, conto os prós, contras e indicações para cada um!

Lavável

Foi o primeiro acabamento lançado pela indústria da beleza. Como o nome mesmo diz, sai com água e sabonete (específico para o rosto, por favor!). É indicado para quem não tem muito tempo para se demaquilar. Apesar de sair fácil, pode borrar em dias muito quentes ou com o choro.

À prova d’água

Meu favorito pessoal, não borra de jeito nenhum por resistir, além da água, ao suor e à fricção leve. Há quem não goste por ser um pouco mais difícil de tirar, uma vez que só sai com demaquilante bifásico. Muitas marcas possuem a versão à prova d’água em seu portfólio de máscaras.

Tecnologia tubo

Essa tecnologia chegou mais fortemente ao Brasil por meio da Maybelline, marca que categoriza as máscaras desse tipo com o nome de Super Filme. Possui o melhor dos dois mundos: ao mesmo tempo em que fixa bem nas pestanas, é fácil de tirar: basta puxar com leveza a máscara com água morna para que ela saia por inteiro, em formato de tubo.

Viu só como os acabamentos das máscaras de cílios não são um bicho de sete cabeças? Fique sempre atenta aos rótulos e escolha a sua preferida!

Thaís Marques