enkontra.com
Fechar busca

BLOGS

Augusto Mafuz

Augusto Mafuz

Augusto Mafuz

Opiniões, crônicas e informações exclusivas sobre o mundo do futebol, em especial o Atlético Paranaense.

Perguntas inevitáveis

  • Por Augusto Mafuz

No Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, o Furacão joga contra o Botafogo. E se o Atlético ganhar do Botafogo e se sair da zona de rebaixamento, Fernando Diniz vai continuar no seu comando técnico? É possível afirmar que sim em razão do precedente: se só perdendo ficou, vencendo estaria cessado o motivo da exclusão sonhada.

E se o Atlético ganhar do Botafogo e se sair da zona de rebaixamento e se Diniz continuar, os jogadores Marcinho, Wanderson, Zé Ivaldo, Camacho, Guilherme, Bergson, Bill, Nikão, Jonathan e Paulo André continuarão sendo tratados como soluções? É bom perguntar essas coisas antes do jogo, porque trata-se do Furacão e tratando-se do Furacão tudo pode acontecer: até uma vitória improvável sobre o Botafogo. E daí, ganhando, estaria criado um daqueles fatos casuístico, que Petraglia fica de tocaia esperando para usá-lo contra ‘parte da imprensa e torcida reacionárias‘, como repercute a matéria da Tribuna do Paraná.

Na Vila

Pode parecer contradição por estar na zona do rebaixamento, mas o Paraná joga na Vila contra o poderoso Cruzeiro, em uma situação confortável.

É que os critérios de análise dos professores da Vila nunca encontram defeitos no time, que em regra, perde neste campeonato. Sempre tem uma palavra no sentido de que jogou bem e perdeu por detalhe. Conclusão como essa para um jogo com o Cruzeiro, tem até um pouco de lógica.

O significado dessas estranhas conclusões está ambientando o Paraná no conforto de ter a vitória como um fato do outro mundo.

A verdade é que os dirigentes tricolores deixaram todas as soluções para após a Copa. Tanto, que o presidente deixou o time na zona de queda e foi para Rússia, por conta do dinheiro da Viúva (CBF) e de seus ganhos próprios no Paraná.

Pesquisa

Pela primeira vez a história das Copas, 53% do povo brasileiro está indiferente. Por não dizer o motivo, a pesquisa provoca as mais diversas especulações. Há dois motivos prováveis, sem caráter especulativo: o futebol não é mais para pessoas de meia e terceira idade, do que de jovens; e, é uma seleção eminentemente comercial.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas dos blogs

Diego Petri

Não é Spoiler

Diego Petri

Tudo sobre a programação dos cinemas, o que tem para assistir na NetFlix, filmes e séries! Aqui não faço spoiler, acompanhe!

·

'O Doutrinador' quer acabar com todos políticos e empresários corruptos

Michelli Duje

Divã da Tribuna

Michelli Duje

Aqui vamos conversar sobre comportamento, relacionamentos e os conflitos que as pessoas encontram em sua vida.

·

Pessoas que sofrem violência no relacionamento amoroso

Cadu

Cozinha do Cadu

Cadu

Este canal é dedicado aos apaixonados pela culinária e que fazem do prazer da boa comida um estilo de vida.

·

Folhadinho de Presunto Parma com Molho de Pimenta e Mel

Últimas Notícias

Mais comentadas