Saudações amigos. Frequentemente aparece na mídia alguma informação sobre alguma coisa milagrosa que os atletas estão fazendo para queimar gordura. Nos últimos tempos o que ficou na moda foi falar que fazer exercícios aeróbicos em jejum é a melhor e mais eficiente forma de se conseguir eliminar aqueles quilinhos extras. Então muita gente começou a tentar fazer isso. Mas será que é isso mesmo? Será que isso é tão milagroso assim?

Primeiramente, vamos explicar do que se trata, pois algumas pessoas provavelmente nunca ouviram falar nisso. Essa técnica é conhecida também como AEJ (Aeróbico em Jejum). Pois bem, existe uma linha de pensamento que acredita que fazer exercícios aeróbicos sem comer nada ao acordar é um procedimento eficaz para a queima de gordura corporal.

Isso ocorreria porque pela manhã estamos com o estoque de nutrientes (glicogênio) baixos no sangue, pois ficamos mais de 6 horas sem comer a noite, de forma que em jejum a gordura já começa a ser queimada de forma imediata, diferente das outras situações, onde o indivíduo se encontra alimentado e a reserva de glicogênio precisa ser queimada antes da gordura ser atingida.

Alguns especialistas dizem que precisa-se de cerca de 20 a 25 minutos se exercitando para usar o glicogênio e somente após esse tempo o corpo utiliza de forma mais direta as gorduras. Então se exercitar pela manhã abreviaria essa situação e seria mais eficaz para a queima.

Pra falar bem a verdade, dando meu depoimento como atleta, sempre consegui entrar definido nos campeonatos e me manter com um percentual de gordura baixo até hoje sem fazer muito aeróbico, como esteira, bicicleta etc, porque consigo isso controlando a dieta e fazendo uma musculação mais metabólica, ou seja, mais intensa com mais repetições, menos tempo de descanso que faz suar muito mais. Então o que estou dizendo é que, para mim, realmente nunca foi necessário AEJ porque eu tenho mais facilidade em ajustar os outros fatores, e uma vez que você entenda que é a soma total do dia que faz a diferença, você pode se ajustar de acordo com suas preferências.

Lembrando sempre que até mesmo para os atletas essa prática não é um consenso geral, então se você não é atleta eu não recomendo fazer isso. Como falei, existem muitas coisas que devem ser feitas antes e para isso o melhor é você consultar um bom nutricionista. Além de tudo se exercitar em jejum é muito catabólico, ou seja, da mesma forma que o corpo avança na gordura ele leva junto muita massa muscular, e quem realiza essa prática se previne de alguma forma disso através do uso de suplementação específica. Então não faça as coisas por conta, é apenas minha opinião.