Originária da Europa,a tanchagem adaptou-se
muito bem no Brasil e pode ser encontrada
em solos de quase todo o país.

A cosmiatra Ala Szerman está inovando mais uma vez através de suas constantes pesquisas realizadas no campo estético. Ela adaptou uma planta caseira, bem comum em nossos jardins, o Plantago Major ou mais conhecida como tanchagem, em sua Máscara Rejuvenescedora Facial. Sua principal função é atuar no processo de envelhecimento como um anti-rugas utilizando compressas.

?Esta planta pode ser encontrada em vários locais, até mesmo nos jardins do Parque Villa Lobos. O que fiz foi potencializar suas características cicatrizantes, já conhecidas desde a 2ª Guerra Mundial?, afirma Ala Szerman. As folhas da planta são separadas, amassadas e misturadas com água de flores para preparar uma cataplasma que é aplicada no rosto para regenerar o tecido cutâneo, firmando os contornos faciais. Tem a propriedade de destruir um grande número de microorganismos e estimular a epitelização.

Somente nos Estados Unidos existem produtos cosméticos que utilizam em sua composição o Plantago Major. Esta planta, originária da Europa, já faz parte da nossa flora e está sendo incorporada somente agora aos cuidados estéticos. A intenção de Ala Szerman é desenvolver um produto em forma de creme com este ingrediente ativo, tornando acessível para as brasileiras as últimas tecnologias em cosmiatria.