Uma dieta eficiente e sem muitos sofrimentos para o paciente. Com base nessas características, pesquisadoras do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da Universidade de São Paulo (USP) conseguiram desenvolver um método para controlar os níveis de colesterol e de gordura no sangue.

O sistema é baseado em uma pontuação. Todos os alimentos foram classificados de acordo com a quantidade de colesterol e de gordura saturada que possuem. E, segundo o estudo desenvolvido pelas pesquisadores Edeli de Abreu e Márcia Nacif, quanto maior a concentração gordurosa dos alimentos, maior o número de pontos. "A idéia é que o paciente possa comer o que sente vontade, incluindo qualquer tipo de alimento, porém, sem extrapolar a pontuação", disse Márcia Nacif.

Para comprovar a eficácia do método, que segue as recomendações da Associação Americana do Coração (AHA), a fórmula foi testada em 62 pessoas, divididas em dois grupos. De acordo com Márcia, os resultados do tratamento foram bem satisfatórios. O grupo que seguiu o sistema dos pontos perdeu peso com mais facilidade do que as pessoas que seguiram a dieta tradicional. "O grupo que controlou os pontos teve uma perda de peso de aproximadamente 4 quilos em três meses e uma redução de colesterol de 18%", disse Márcia.