Os pêlos são desde sempre indesejáveis. Apesar de os cuidados de beleza merecerem cada vez mais atenção por parte das mulheres, este é um problema que tem atravessado gerações. Os estudos não mentem: desde o tempo da Antiga Grécia os pêlos incomodam muita gente. De fato, existem comprovações que desde 2000 a.C. as mulheres gregas arrancavam os pêlos com as mãos, ou os queimavam com cinzas quentes sobre a pele.

A quantidade de pêlos numa mulher varia de acordo com as suas características hormonais. E a sua aceitação também varia de país para país. Em alguns países, os pêlos são um sinônimo de erotismo e charme. Segundo Silvana Gonçalves, responsável pela Unidade Marechal Deodoro da Depil House, as mulheres procuram depilar com mais freqüência as pernas, as axilas e a virilha. A unidade chega a receber consultas para depilação em homens, mas atende exclusivamente mulheres.

Clínicas especializadas

A maior novidade na área da depilação feminina surgiu há alguns anos nos Estados Unidos. Trata-se de aplicação com um aparelho a laser, ideal para quem deseja ficar livre dessas preocupações por um longo período de tempo e deverá ser realizada em clínicas especializadas. Na técnica, o aparelho atinge o folículo piloso com o laser, destruindo a raiz, sem causar danos à pele. O método é considerado de longa duração, uma vez que os pêlos só voltam a nascer depois de passados seis meses da última sessão. Existe também quem procure a eletrólise para resolver o problema. O método usa agulhas que cauterizam as raízes do pêlo e prometem solucionar definitivamente o problema.

Há, porém, quem considere preferível fazer a descoloração dos pêlos a ter de passar pelo sacrifício da depilação. É um processo que consiste na oxidação com água oxigenada e descolorantes e passível de ser utilizado nas pernas, coxas, barriga e braços. A descoloração, que dura cerca de 20 dias, só é eficaz em mulheres cuja quantidade de pêlos não é muito elevada.

Escolha o método que melhor lhe convier

São vários os métodos de depilação utilizados nas clínicas de estética ou mesmo em casa. Veja quais as opções encontradas e deixe sua pele macia como seda.

Lâminas: Por ser uma opção rápida e, até certo ponto, cômoda, era a fórmula mais utilizada até há algum tempo. Se usada corretamente não provoca dor. A raspagem deve ser feita no sentido do crescimento dos pêlos, com a ajuda da espuma ou do gel próprios.

Cremes depilatórios: É ainda um método muito utilizado, sobretudo nas pernas. Para quem é sensível à dor, os cremes depilatórios podem ser benéficos, pois são compostos por substâncias químicas que amolecem a camada que envolve os pêlos, facilitando a sua remoção.

Cera quente: As mulheres que têm pêlos grossos e fartos podem utilizá-la, pois ela garante algumas semanas de pele macia. A temperatura da cera, em geral 40 graus, provoca a dilatação dos poros, facilitando a remoção dos pêlos.

Cera fria: É bastante doloroso, pois, dada a temperatura da cera, é incapaz de dilatar os poros, tornando sua execução mais complicada. Facilita ainda o aparecimento de pêlos encravados e impurezas.

Roll-on: Com base em aparelhos de depilação com cera morna. Aquecem a cera e a raspagem é feita no sentido inverso do crescimento, com a ajuda de pedaços de papel ou pano.

Luva depilatória: É um método rápido, com duração limitada. Trata-se de uma lixa de papel com partículas de quartzo, causando um atrito que provoca erosão no pêlo. Deve ser usada acompanhada de creme hidratante, que deixa a pele lisa e pura.