Superando preconceitos e atentos a um mercado de trabalho competitivo e exigente, cada vez mais homens recorrem à cirurgia plástica.

Vaidade? Necessidade profissional? Razões pessoais? Um misto dessas respostas justifica o aumento da procura masculina por cirurgias plásticas. Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica indicam que, em 2004, o Brasil realizou 616 mil cirurgias plásticas. Desse contingente, 190 mil procedimentos foram realizados em homens.

?As intervenções masculinas mais corriqueiras são aquelas de pequeno porte, como a blefaroplastia, o peeling ou a lipoaspiração?, afirma o cirurgião plástico Lecy Marcondes Cabral. Conforme o especialista, o paciente típico é o jovem que deseja se livrar das marcas provocadas pela acne na adolescência ou o profissional que busca uma silhueta elegante e um rosto mais jovial, livre de rugas e do aspecto cansado e abatido.

O médico aponta o mercado de trabalho, competitivo e exigente, como um dos grandes responsáveis por essa mudança de hábitos. Sem esquecer que as mulheres são incentivadoras da vaidade masculina e formadoras de opinião, exercendo forte influência sobre os atos de maridos, filhos e namorados.

?O paciente masculino que busca a cirurgia plástica, geralmente, está em desarmonia com a sua imagem. Ele busca, acima de tudo, estar bem consigo mesmo?, ressalta Cabral. De uma maneira geral, a vaidade masculina torna-se mais acentuada nos homens com idade entre 40 e 60 anos, faixa em que o executivo, por uma exigência do trabalho, necessita ter uma aparência jovem e bem cuidada.

Tudo bem discreto

As opções para corrigir as imperfeições no rosto e no corpo variam de acordo com a idade. Homens de até 30 anos, geralmente, demonstram o desejo de fazer uma plástica no nariz, ou ficar livres das gordurinhas. Na faixa entre 40 e 50 anos, o paciente do sexo masculino procura o cirurgião para fazer pequenas alterações na face, como retirar o excesso de pele nas pálpebras e as bolsas de gordura. Outros optam por realizar o transplante capilar fio a fio.

?Quando um homem decide procurar um profissional em cirurgia plástica, ele busca, em primeiro lugar, fazer mudanças discretas, com um aspecto bem natural. Nada de mudanças drásticas ou de alterações que chamem atenção?, comenta Cabral. Até mesmo no atendimento, segundo o médico, o paciente prefere o menor alvoroço possível. Por seu lado, as clínicas, já preparadas para essa nova demanda, encaram a visita masculina como parte da rotina de trabalho, por isso proporcionam um clima de conforto, privacidade e segurança para os novos visitantes.

Cirurgias mais procuradas por eles

Lipoaspiração – É eficiente para eliminar a barriga, desde que ela não esteja muito grande (em forma de avental). No caso de obesidade, é recomendado um regime prévio com acompanhamento médico para que o resultado final seja satisfatório.

Ginecomastia – A retirada do excesso de gordura das mamas pode ser realizada em associação com uma lipoaspiração. No caso de mamas muito grandes, a cirurgia com incisão na aréola poderá também ser indicada.

Blefaroplastia ? É a retirada do excesso de pele das pálpebras e das bolsas inferiores, que conferem um ar cansado à fisionomia. Simples e rápida, a operação proporciona um efeito rejuvenescedor e não deixa cicatrizes visíveis.

Lifting facial ? Por videocirurgia, com incisões mínimas sem retirada de pele, podendo ser complementada com outras técnicas associadas.

Rinoplastia – Para os insatisfeitos com o tamanho ou o formato do nariz. Durante o procedimento é possível realizar também a correção do desvio do septo nasal (nariz torto), se indicado.

Implante capilar – Uma das técnicas mais utilizadas é o implante, ou seja, uma elipse de cabelo da nuca é retirada e transplantada para a região calva, fio a fio, ou folículo a folículo.