Qualquer pessoa pode treinar o malabares.

São cada vez maiores as dificuldades que as pessoas enfrentam ao lidar com as pressões do dia-a-dia, como problemas financeiros e familiares, violência urbana, trânsito, mau relacionamento com colegas de trabalho ou chefes, entre outras. Tudo isso possibilita o aparecimento do estresse. Outros fatores cotidianos também potencializam seus efeitos, criando uma desarmonia no organismo. Enquanto isso, cresce o número de pessoas que buscam métodos alternativos para se livrar desse mal. O malabarismo é um deles.

Por ser uma técnica muito abrangente, que trabalha concentração, atenção, lateralidade, coordenação motora, respiração e reflexos, além de exercitar o corpo, o malabarismo é cada vez mais usado no combate ao estresse, tanto por grandes empresas, quanto por academias que oferecem esse tipo de aula.
“O malabares mexe com corpo e mente. Enquanto as pessoas jogam elas esquecem de tudo e se concentram só naquilo, é uma terapia. Não tem como pensar em trabalho, família ou dinheiro enquanto se joga o malabares”, afirma Claudia Orteney, professora de malabares e diretora da Cia do Circo, um grupo de artistas circenses que oferece além de shows, cursos de circo, palestras, workshops, e aulas de malabares anti-estresse.

A pratica de malabares é considerada eficaz no combate ao estresse, pois reduz a tensão muscular e promove o desenvolvimento da flexibilidade. Qualquer exercício físico quando é praticado com prazer pode representar uma distração dos agentes estressantes do dia-a-dia, reduzindo seus efeitos no organismo. “O malabares pode ser associado a diversas técnicas terapêuticas com o objetivo de trabalhar diferentes áreas do organismo de forma lúdica, aliviando o estresse com muita diversão”, afirma Maria Inês Felippe, psicóloga e gestora de RH da Cia do Circo.

Maria Inês ressalta a eficiência do método quando usado nas empresas, “com apenas 15 minutos de malabares antes do expediente o funcionário começa a perceber que a cada dia ele ultrapassa ainda mais os seus limites, trabalha concentração e consegue se desliga de tudo lá fora”, afirma.

Segundo Claudia, uma das vantagens do malabares é que todos podem fazer. “Para aprender não tem idade e nem profissão. Qualquer um pode treinar. Sem desanimar, em um ou dois dias você já aprende o básico, basta querer”, conta.