As mulheres que apresentam quadros de infertilidade e de abortamentos de repetição podem agora realizar os exames que investigam as causas destes problemas no Brasil e, com isso, aumentar as chances de sucesso da gravidez. O Salomão & Zoppi Medicina Diagnóstica está oferecendo, de forma pioneira, grupos de exames que pesquisam e diagnosticam os problemas de infertilidade. Antes realizados apenas nos Estados Unidos, os exames de imunologia da infertilidade representavam um alto custo para a paciente e eram inacessíveis a grande maioria da população. Com a disponibilidade deles no Brasil, a paciente terá uma economia de 70% para detectar seu problema. “Hoje, sabe-se que 50% dos casos de insucesso na gravidez são causados por falhas imunológicas. Os novos exames são capazes de verificar qual é o problema imunológico da paciente e recomendar a terapêutica específica a cada caso. Além disso, eles são realizados a partir de amostras de sangue e podem ser enviados de qualquer parte do país para o Salomão & Zoppi, em São Paulo. Isso evita gastos com viagem e estadia, garantindo o acesso de mulheres de qualquer estado brasileiro à tecnologia mais avançada neste segmento”, informa o médico Ricardo Oliveira, diretor do Departamento de Medicina Laboratorial do Salomão & Zoppi.

Benefícios para as mulheres

Os exames de imunologia da infertilidade e a realização do tratamento adequado trazem novas perspectivas para mulheres que sofrem com abortamentos repetitivos ou que acreditam que não podem engravidar. Os benefícios podem ser relacionados em três grupos diferentes. O primeiro engloba as mulheres que realizam fertilização in vitro em clínicas de Reprodução Assistida. “As chances de sucesso na gravidez sobem de 20% para 80% nas pacientes que possuem problema imunológico e submetem-se ao tratamento,” estima Oliveira. O segundo grupo corresponde às mulheres que apresentam casos de abortamento repetitivo. O terceiro grupo abrange as mulheres com infertilidade inexplicável, que antes recorriam direto à inseminação e à fertilização in vitro. Elas podem agora pesquisar as causas e realizar o tratamento, deixando para recorrer às clínicas de Reprodução Assistida como segunda opção.

Exames detectam 36 tipos de problemas

A investigação das causas da infertilidade do Salomão & Zoppi é dividida em 4 grupos, que reúnem vários exames: Painel Riala, Painel Antinuclear, Painel Anticorpos Anti-fosfolípides e Painel de Trombofilia. Estes exames podem detectar até 36 tipos diferentes de problemas imunológicos. Uma das áreas importantes neste universo é a das trombofilias, que vai investigar as causas da coagulação excessiva e formação de trombos em certas pacientes. Este quadro muitas vezes inviabiliza a gravidez ou então é responsável pela perda do feto. O Painel de Trombofilia consegue identificar as 8 causas genéticas e as 7 causas adquiridas associadas a este problema. “O tratamento consiste em medicamentos anticoagulantes, com doses que não prejudicam a mulher durante a gravidez”, explica o diretor.