Preparar uma cerimônia de casamento não é fácil. São inúmeros detalhes a se pensar. Mas se há uma coisa que tem feito a cabeça do casal é o aperfeiçoamento do corpo.

58% das noivas da Inglaterra e cerca de 39% dos noivos estão dispostos a fazer uma cirurgia plástica ou outro procedimento estético, como preparativo para o casamento.

As informações são de um site inglês – Goodsurgeonguide.co.uk – coordenado por Christiana Clogg, que perguntou a 512 casais, se eles estavam considerando fazer algum procedimento estético antes do dia de seu casamento.

Os resultados também revelaram que 11% das mulheres e 9% dos homens que participaram da pesquisa já haviam feito alguma intervenção cirúrgica.

Os procedimentos considerados para antes “do grande dia” pelos pesquisados incluiam aplicação da toxina botulínica, implante de silicone para aumento das mamas, clareamento dental, lipoaspiração, dentre outros.

Segundo a coordenadora do site, como o casamento é o dia mais importante da vida de muitos homens e mulheres, é normal que um grande número de pessoas queira que tudo esteja perfeito, incluindo a própria aparência.
Ainda segundo Clogg, a razão mais comum para as pesquisadas quererem fazer uma cirurgia plástica antes do casamento era sair melhor nas fotos, com 64% dizendo que a plástica as faria sentir melhor no dia da cerimônia.

Já os homens estavam preocupados principalmente em dar prazer à sua companheira, três, em cada cinco, disseram que fariam a cirurgia plástica para ficarem mais atraentes para sua cara-metade.

No Brasil
Por aqui, quem deseja se casar também encontra pacotes para todos os tipos e bolsos. E o tradicional “dia da noiva”, já começa a ser feito um ano antes, com direito a cirurgias plásticas e tratamentos estéticos.

Depois da escolha do vestido, a noiva geralmente inicia a série de tratamentos para estar muito mais bela no dia do casamento. Como tudo num casamento é feito com muita antecedência, o mesmo acontece com a cirurgia plástica e com os demais procedimentos estéticos.

Na lista de preparação para o casamento, as cirurgias plásticas mais procuradas são a lipoaspiração e o implante de mamas. Em meio a este processo de valorização social da autoestima, o cirurgião plástico tem que estar atento aos excessos e às más indicações dos procedimentos cirúrgicos, que sempre devem ser evitados para o bem da paciente.

Em relação ao resultado final, é preciso informar a paciente, antes da cirurgia, quais são as restrições e as limitações que envolvem cada etapa da operação a ser realizada. Assim, o paciente assimilará melhor o período pós-operatório e a ansiedade não vai atrapalhar nem a convalescença, nem o casamento.
Resultado final
Confira o período estimado necessário para a observação do resultado final das cirurgias plásticas mais realizadas, visando reduzir ou pelo menos aplacar um pouco a ansiedade de quem deseja ver um novo resultado estético.

Lipoaspiração – O resultado definitivo da Lipoaspiração se dá após seis meses, porém chega-se a 80% aos quatro meses.

Rinoplastia (cirurgia do nariz)
– O resultado definitivo da rinoplastia é alcançado entre seis meses e um ano, porém já há mudanças perceptíveis a partir de primeiro mês.

Mamoplastia de aumento (colocação de prótese de mama) – O resultado quanto à forma já é bastante evidente no pós-operatório. Durante o primeiro mês, há a redução do inchaço e a cicatrização ganha força. O resultado definitivo da mamoplastia de aumento se dá após os seis meses, devido ao amadurecimento da cicatriz.

Mamoplastia redutora – Nos primeiros meses, a cicatriz encontra-se avermelhada, tornando-se geralmente esbranquiçada com o tempo, dependendo da genética da paciente. Por volta do terceiro mês, ocorre a báscula da mama (acomodação) que produz o contorno arredondado da região inferior da mama, que logo após a cirurgia fica retificada. O resultado final da mamoplastia é alcançado entre seis meses e um ano.
Abdominoplastia após grandes emagrecimentos – O resultado definitivo da abdominoplastia é atingido após seis meses da cirurgia, período necessário para a acomodação dos tecidos e amadurecimento da cicatriz.

Cirurgia do braço (dermolipectomia braquial), Dermolipectomia da coxa e Abdominoplastia ou dermolipectomia – O resultado definitivo da dermolipectomia é atingido após seis meses da cirurgia, período necessário para a acomodação dos tecidos e amadurecimento da cicatriz.

Prótese de glúteo (gluteoplastia de aumento) – O resultado em relação ao formato já é bastante evidente no pós-operatório. Durante os primeiros dois meses, há a redução do inchaço e a cicatrização ganha força. O resultado definitivo da gluteoplastia de aumento se dá após os seis meses, devido ao amadurecimento da cicatriz.

Otoplastia (correção das orelhas em abano) – Logo após a otoplastia, a orelha já se encontra praticamente com o formato final, porém há inchaço e roxidão que regridem em até 21 dias. A cicatriz leva seis meses para amadurecer.

Lifting facial ou ritidoplastia (cirurgia da face) – O resultado definitivo é alcançado com seis meses, pois esse é o tempo que leva para a cicatriz amadurecer.

Cirurgia das pálpebras (blefaroplastia) – Em geral, toda cirurgia plástica leva seis meses para vermos o resultado definitivo, pois é o tempo necessário para o amadurecimento da cicatriz. No caso das blefaroplastias, 80% do resultado podem ser alcançados antes, após três meses.