Parque Nacional Torres del Paine.

A Patagônia chilena, vasta região da América do Sul que, há anos, tem sido visitada por exploradores e estudiosos, é um dos destinos que se tornam ainda mais interessantes de se visitar nessa época do ano até o final do inverno. Devido à sua formação montanhosa, com geleiras, rios, lagos, cachoeiras e ficas flora e fauna, a região é considerada como uma das mais bonitas do mundo e já foi declarada pela Unesco como reserva da biosfera.

No coração da Patagônia está o Parque Nacional Torres del Paine, a quatrocentos quilômetros ao Norte da capital regional, Punta Arenas. Ele é emoldurado por montanhas (as torres) e tem ainda os Cuernos del Paine, as cachoeiras Salto Chico e Salto Grande e as geleiras Grey, Pinto, do Francês e Dickson.

Os lagos Pehoé, Nordenskjöld, Sarmiento, Pingo e Dickinson e as lagoas Verde e Azul completam o cenário, único e marcante.

A Patagônia é habitat natural de 105 espécies de pássaros e 25 de mamíferos que vivem nos planaltos e montanhas. A flora local inclui florestas típicas de lenga e coigue e uma grande variedade de flores e arbustos.

Uma semana é um bom período para conhecer a Patagônia. Há um pacote de viagem que inclui sete dias de hospedagem no Hotel Explora, um dos mais sofisticados da região, situado dentro do Parque Nacional Torres del Paine.

Os preços dos pacotes são a partir de US$ 1.935 por pessoa, dependendo do tipo de acomodação no hotel e são válidos para abril. Estão incluídas quatro noites de hospedagem

no Hotel Explora, com pensão completa, duas noites de hospedagem em

Santiago, no Hotel Sheraton, com café da manhã incluído, traslados, explorações diárias dentro do Parque Nacional Torres Del Paine e passagens aéreas pela Lan Chile.

Serviço: O pacote está sendo oferecido pela operadora Expedition. Telefone: (11) 3253-2128. Consulte seu agente de viagens.