Com o objetivo de tornar o Paraná um produto turístico mais consolidado e competitivo e buscar o apoio de mais entidades representativas ligadas ao setor, o Fórum para o Turismo Sustentável no Paraná reuniu-se no Senac, em Curitiba, com os representantes das entidade parceiras para apresentação das estratégias e pensamentos do novo governo.

O fórum é um programa criado através das lideranças das entidades do turismo da iniciativa pública e privada que busca orientar e coordenar de forma articulada e participativa as ações que compõem o Plano Diretor de Turismo. O objetivo maior do fórum é, de acordo com o seu secretário executivo, João Carlos Tonetto Pinto, ordenar todas as idéias e ações, que atualmente estão difusas, em uma só direção, em busca do desenvolvimento do turismo no Estado.

Nesta reunião, a Secretaria de Estado do Turismo (Setu) apresentou suas diretrizes, passando por programas como o Prodetur, que teve espaço especial na discussão. A verba prevista destinada ao Paraná, por meio desse programa, que é de US$ 100 milhões, ainda é vista com incerteza pelo governo.

Para o diretor-geral da secretaria, José Airton de Jesus, problemas como o corte do orçamento do governo federal, alta do dólar e a eminência de guerra, poderiam vir a aumentar o compasso de espera pela liberação da verba, que vem do Banco Interamericano de Desenvolvimento-BID.

A Secretaria também pretende trabalhar incisivamente com a divulgação e promoção do Estado como um destino turístico, além das ações de assessoramento técnico, que já vinham sendo desenvolvidas.

Participaram dessa reunião a Associação Brasileira das Agências de Viagens-Abav-PR, Associação Brasileira de Empresas Organizadoras de Eventos-Abeoc-PR, Associação Brasileira da Indústria de Hotéis- ABIH-PR, Curitiba Convention & Visitors Bureau, Centro de Convenções de Curitiba, Secretaria de Estado do Turismo, Paraná Turismo, Sebrae-PR, Federação das Associações Comerciais e Industriais do Paraná-Faciap, Senac-PR, Federação do Comércio, Emater-PR, Associação Paranaense de Turismo Rural-Apraturr, Universidade Federal do Paraná, Diretoria de Turismo da Companhia de Desenvolvimento de Curitiba-CIC, Ecoparaná e Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Curitiba -Sindotel.