A cidade mineira de Ouro Preto tem uma maneira peculiar de celebrar a Quaresma e a Semana Santa. Por características inerentes à sua formação, a cidade possui duas igrejas matrizes, a Matriz de Nossa Srª do Pilar e o Santuário de Nossa Srª da Conceição, que se revezam na realização da Semana Santa.

Em 2010, a responsabilidade ficou a cargo da Paróquia de Nossa Srª do Pilar. A preparação para a Semana Santa tem início na Quarta-feira de Cinzas. Nessa data, os altares recebem grossos panos de cores sóbrias cobrindo as imagens dos santos e as cruzes. As imagens só voltam a ser expostas no Sábado de Aleluia. Também faz parte da preparação da Semana Santa o Setenário das Dores.
A celebração acontece durante as sete sextas-feiras que antecedem a Sexta-feira da Paixão.
Na sexta-feira anterior ao Domingo de Ramos acontece a Procissão do Depósito da imagem de Nossa Srª das Dores. No sábado é a vez da Procissão do Depósito da imagem de Nosso Senhor dos Passos.
No Domingo de Ramos, os católicos vão às igrejas levando ramos de plantas para serem abençoadas durante as missas da manhã. Na noite da Quarta-feira Santa acontece uma celebração de origem medieval, o Ofício das Trevas.
Na Quinta-feira Santa Ouro Preto celebra o Lava Pés, em frente à Igreja de São Francisco de Assis.
Na Sexta-feira da Paixão acontece uma das procissões mais belas da tradição ouropretana. O Sábado de Aleluia marca o início do ano litúrgico católico, com a bênção do fogo novo e da água batismal.
O Domingo de Páscoa começa com a missa no Santuário de Nossa Srª da Conceição, em celebração à Ressurreição de Jesus.