A Pousada do Rio Quente Resorts
é a campeã de vendas de
tempo compartilhado no Brasil.

Passar uma semana por ano com a família em um belo hotel, sempre em um destino diferente, sem que a conta pese no bolso e sem depender das variações cambiais, no caso de um destino internacional. Essa é uma das vantagens do tempo compartilhado ou timeshare, como é conhecido em todo o mundo. Trata-se da venda de hospedagem turística futura, normalmente em períodos semanais, com vigência de vinte a trinta anos, com pagamento adiantado e parcelado.

Na prática, a pessoa adquire um plano de um hotel ou resort que vai lhe permitir hospedagem por uma semana ou mais naquele estabelecimento por um determinado número de anos. Para que a pessoa não precise ir todos os anos para o mesmo hotel ou resort, a RCI (Resorts Condominium International), empresa especializada em intercâmbio de viagens por tempo compartilhado, faz, por meio de um imenso banco de dados, a relocação entre pessoas e famílias no mundo inteiro que queiram mudar o destino de viagem.

Esta é uma das formas de intercâmbio e a mais comum, porém, se a pessoa preferir, pode trocar esses pontos de crédito por hospedagem, viagens de navio e até bilhetes aéreos, se o dono do hotel ou resort trabalhar com esta possibilidade. É bom ressaltar que alguns hoteleiros não aceitam trocar a semana de hospedagem paga pelo turista por outro produto que não seja hospedagem em outra localidade.

De acordo com Alejandro Moreno, diretor de Novos Negócios da RCI, o timeshare apresenta vantagens também para os hoteleiros. Entre elas o fato de o empreendimento fazer a cobrança antecipada por serviços futuros e arrecadar a taxa de manutenção (cerca de R$ 300), paga pelo proprietário na utilização de suas semanas anualmente.

“Para se ter uma idéia, o custo de investimento de um hotel médio por cem unidades de tempo compartilhado fica por volta de US$ 5 milhões. O potencial de vendas é de US$ 20 milhões, com um custo de US$ 8 milhões em marketing. Para o primeiro ano, o hotel deve ter um capital de giro de US$ 1,6 milhão. Nos anos seguintes, a comercialização de unidades financia o resto das vendas”, observa Alejandro.

Outra vantagem, na opinião do diretor, é a possibilidade do fim da sazonalidade. “Uma vez vendida sua unidade, está garantida sua ocupação, o que ajuda a melhorar as temporadas, não se sujeitando a modismos do mercado ou a pressões de terceiros e distribuidores”, comenta.

O timeshare e a RCI

O sistema de tempo compartilhado foi criado na França na década de 60, como uma forma de baratear custos de manutenção e aperfeiçoado nos Estados Unidos, nos anos setentas. Lá nasceu, em 1974, a RCI (Resorts Condominium International), que foi a pioneira e até hoje a líder em intercâmbio de viagens por tempo compartilhado. No Brasil, a RCI teve início em 1992 em São Paulo, sua única sede.

A RCI tem 37 escritórios que atendem 49 países. São 3.783 resorts credenciados que representam 70% do total de resorts da indústria de tempo compartilhado; mais de três milhões de famílias associadas, mais de dois milhões de intercâmbios confirmados por ano (80% dos intercâmbios realizados no mundo) e 82 resorts filiados no Brasil (80% do total de resorts brasileiros de tempo compartilhado). Aproximadamente, dezesseis mil famílias brasileiras estão associadas à RCI e, anualmente, oito mil intercâmbios são confirmados por brasileiros.

Serviço – Interessados em adquirir um plano podem entrar em contato com a RCI pelo telefone (11) 4225-8300 ou diretamente no hotel ou resort desejado que seja associado à empresa. Para saber quais são os estabelecimentos associados basta consultar o site www.rci.com. A Pousada do Rio Quente Resorts, em Goiás, é a líder na venda de tempo compartilhado no Brasil. Em Curitiba, o resort é representado pela Valetur, que atende pelo telefone (41) 233-4848.

RCI alerta sobre venda ilegal em Santa Catarina

A RCI alerta que o Camboriú Belveder Hotel, localizado em Balneário Camboriú (SC) não faz parte da rede de hotéis credenciados da empresa desde 1.º de junho de 2002. Portanto, as cotas vendidas pela vinculadas à RCI não têm validade.

A RCI informa ainda que as famílias que estão adquirindo os planos do Camboriú Belveder Hotel não têm direito de associados e não poderão participar do programa de intercâmbios e desfrutar dos hotéis credenciados à empresa, em todo o mundo.

Empresa do Grupo Cendant Corporation, maior provedor mundial de serviços de consumo e negócios nos setores imobiliário e de viagens, a RCI está presente no Brasil desde 1992.

Abrange uma rede com mais de 3,7 mil resorts e hotéis credenciados e mais de três milhões de famílias associadas, nos cinco continentes.