Depois da hospedagem e da primeira “inspeção” pela região do hotel, começa a diversão para quem escolheu Miami como destino de viagem. A cidade oferece opções para todos os gostos, incluindo museus, galerias de arte, eventos esportivos e compras, lógico.

O turista não precisa ficar em Miami apenas para gastar dólares em produtos com preços mais baratos em relação ao Brasil. Ele pode – e deve – fazer isto, mas também é possível aproveitar uma das cidades mais badaladas dos Estados Unidos.

“Para mim, o turista não pode deixar de conhecer a Lincoln Road, South Beach e Midtown Miami, onde há boas opções de compras, restaurantes e galerias de arte”, comenta a agente de viagem Geny Zveiter.

Downtown Miami

É a “Wall Street” de Miami, com seus arranha-céus, que se tornaram uma das vistas mais conhecidas da cidade. A região também abriga muitos hotéis, museus, centros culturais, restaurantes e lojas. Desta área saem passeios de barco, que passam pela baía e canais de Miami onde há mansões de ricaços e artistas famosos.

Em Downtown está a American Airlines Arena, a casa do Miami Heat, time de basquete da NBA, a liga profissional norte-americana. Assistir a um jogo é uma experiência única.

São cerca de duas horas (quatro tempos de 12 minutos, mais os intervalos e as pausas durante o jogo) de um verdadeiro show para o espectador, que se envolve totalmente com toda a atmosfera da arena e da NBA, sem contar com o próprio Miami Heat. Facilmente você vai se tornar “Miami Heat desde criancinha”.

Prepare-se para gritar “Let’s go Heat (Vai Heat)” nos momentos de ataque e “Defense (defesa)” quando o time estiver sofrendo a ofensiva adversária. A arena está em fácil acesso e tem estrutura com lanchonetes e restaurantes.

O espaço também abriga shows de música. Mais informações pelo site www.aaarena.com e www.nba.com/heat (por onde é possível acessar o canal de compras de ingressos individuais para cada jogo).

Ingressos a partir de US$ 31, na área mais distante da quadra. Quem quiser investir mais, poderá ver o jogo melhor. Mas a experiência vale a pena, em qualquer assento da arena.

Miami Beach

É a região de praias, sendo a South Beach a mais badalada. Nela está a Ocean Drive, que beira a praia, cheia de prédios Art Deco, que ficam iluminados com neon à noite.

Há diferentes opções de restaurantes, que ocupam as calçadas da Ocean Drive. Mais próximo de South Beach está a famosa Lincoln Road, rua apenas para pedestres com muitas lojas e restaurantes.

Coral Gables

É a região ao sul de Miami com estilo mais mediterrâneo e diferente de Miami Beach, com menos agito. São destaques desta região o Biltmore Hotel, a Venetian Pool (maior piscina artificial dos Estados Unidos), além de áreas comerciais.

Coconut Grove

Região que não possui praia, mas tem muitas marinas e opções de hotéis. É um bairro charmoso, com opções culturais, como o Viscaya Museum & Gardens. Também há galerias, cafés, restaurantes e o Coco Walk, um centro de compras e lazer com lojas conhecidas do público brasileiro, como Gap, Starbucks e Victoria’s Secret

Miami District Art

Região que vem recebendo cada vez mais atenção dos turistas, com suas galerias de arte particulares, lojas com objetos de design, bares e restaurantes. Um dos destaques é o Wynwood Arts District, área considerada o epicentro da arte e da criatividade da Grande Miami.

O visitante logo vai perceber os grafites elaborados nos muros e paredes de lojas, galerias, cafés e restaurantes. É possível “se perder” nas ruas do distrito para apreciar a arte. Os artistas brasileiros osgemeos foram os responsáveis pela fachada do restaurante Wynwood Kitchen and Bar, que se tornou um ponto da “moda”.

Nesta região de Miami, sempre no segundo sábado do mês, ocorre a Art & D,esign Nights, com galerias e restaurantes abertos para todos os visitantes, ao som de DJ e interação nas ruas. Mais informações no site wynwoodmiami.com

Compras

Os shoppings, centros comerciais e outlets estão espalhados por Miami. Marcas famosas nos Estados Unidos (e desejada pelos brasileiros) são fáceis de encontrar. Todos os endereços estão disponíveis no site www .shopmiami.travel (com informações em Português).

Um dos shoppings mais visitados por brasileiros é o Aventura Mall, que tem mais de 300 lojas – incluindo boutiques de luxo – e seis lojas âncoras (entre elas Macy’s, Bloomingdale’s, Sears e JC Penney), espalhados por 2,7 milhões de metros quadrados.

Os brasileiros lideram entre os visitantes, seguidos por outros turistas latino-americanos. O Aventura Mall abre de segunda a sábado, das 10h às 21h30, e aos domingos, às 12h às 20h. Informações no site www.aventuramall.com.

A jornalista viajou a convite da American Airlines, The Setai Hotel Miami Beach e Greater Miami Convention & Visitors Bureau.