Símbolo turístico do Brasil, o público terá acesso facilitado ao Cristo Redentor devido à implantação de sistema mecanizado, no último domingo. Agora, o turista não precisa mais subir um degrau sequer para conhecer a estátua, inaugurada em 1931. Foram instalados três elevadores panorâmicos, com capacidade para 14 pessoas ou uma tonelada cada. Quatro escadas-rolantes fabricadas na Alemanha, também foram inauguradas. As melhorias foram projetadas para acompanhar a topografia do morro do Corcovado e ficarem camufladas atrás das árvores.

Esta é a segunda fase de revitalização do Cristo Redentor, que já havia sido reformado anteriormente. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Prefeitura do Rio de Janeiro com grandes empresas, entre elas a Fundação Roberto Marinho, Banco Real e Gerdau.