Cachoeiras de Macacu está localizada à 97 km da capital do Rio de Janeiro. Abriga uma vasta rede hidrográfica com várias cachoeiras, rios, poços, riachos. Um lugar com espírito de aventura, onde o visitante poderá praticar vários esportes de aventura. Rapel, montanhismo, vôo livre, mountain bike além de trilhas.

Mais de 80 cachoeiras de águas cristalinas compõe o cenário da cidade, juntamente com o patrimônio histórico cultural. Hoje as ruínas da Igreja de São José da Boa Morte, é um dos principais pontos turísticos da região.

Cachoeira Sete Quedas, com aproximadamente 60m de altura, localizada em meio à mata atlântica, é ideal para a prática de canyoning. Local de grande beleza natural e de razoável acesso, com caminhada que dura aproximadamente 45 minutos, exigindo um pouco de esforço do turista aventureiro.

A Cachoeira Furna da Onça, trata-se de uma furna no meio da mata com uma pequena queda d’água e formação de uma bacia para banho. Caminhada que dura aproximadamente 25 minutos. No caminho, o turista ecológico pode observar na Furna da Onça, um amplo salão coberto por uma imensa pedra, onde no passado, teria sido refúgio de algum felino de grande porte.

O Poço da Samambaia, forma um salto de aproximadamente 3,5mts de altura, com águas cristalinas. No local existe excelente ducha natural, um escorrega e uma grande piscina natural, com profundidade média de 2,5 metros, além de formação rochosa repleta de Samambaias, que pendem sobre o leito do rio; dando nome ao poço.

A Pedra do Colégio, é um imenso bloco rochoso, maciço, voltado para o quadrante norte, e com altura em torno de 620 metros. Conquanto não seja bem um monólito trabalhado pela erosão, a Pedra do Colégio apresenta um aspecto curioso e até mesmo um sentido lendário, segundo as mais antigas fontes informativas da região.