Nem Brigitte Bardot imaginaria que sua estada em Búzios, no verão de 1964, geraria tanta repercussão e por tanto tempo. A diva do cinema, que tem até hoje seu nome lembrado pelos turistas que visitam o balneário, parece ter deixado como herança um eterno clima de romantismo e uma aura de charme por todos os lados.

Búzios não perde sua característica de resort de verão eterno e já foi comparada até mesmo com a bela Côte d’Azur, na riviera francesa. E é bem verdade que esta península, situada a 170 quilômetros da capital fluminense, na bela Região dos Lagos, pode não ter o Mar Mediterrâneo enfeitando suas paisagens, mas tem nada menos do que 26 praias, para todos os tipos de turistas. Das mais badaladas às desertas, das de águas calmas às com ondas das mais desafiadoras, todo turista vai encontrar seu paraíso natural em Búzios.

Barquinhos de pesca e a orla arborizada caracterizam a Praia dos Ossos, um dos cartões-postais do balneário.

Toda esta exuberância natural é rodeada por uma bem estruturada cadeia de serviços ao turista. Há acomodação para todos os gostos, desde simples guests houses a sofisticadas pousadas.

O turista vai encontrar também centenas de restaurantes que caracterizam Búzios como um destino forte no roteiro gastronômico do País. Pratos à base de frutos do mar e o melhor da culinária internacional estão presentes na grande na maioria deles.

As delícias da mesa também podem ser degustadas nos restaurantes administrados pelos próprios pescadores locais. São locais simples que oferecem comida de boa qualidade – um sucesso entre os turistas.

Noite sem fim

Para quem gosta de curtir a noite, a Rua das Pedras é o lugar. Lá está concentrada grande parte dos barzinhos, bistrôs, restaurantes e casas noturnas que esticam a balada até o sol raiar. Aliás, é comum ouvir que em Búzios a noite não tem fim no verão. A programação tem início às 21h e vai até as 12h do dia seguinte.

Tirolesa: opção de aventura que possibilita avistar natureza do município sob outro ângulo.

Até o comércio local tem horário diferenciado. As lojas abrem no meio da tarde e costumam funcionar até a alta madrugada. Como em um grande shopping a céu aberto, elas dividem espaço no calçadão com restaurantes e bares, facilitando ao turista dar uma espiada nas vitrines e fazer compras interessantes antes ou depois do jantar.

Ecoturismo e esportes

Se a intenção é aproveitar ao máximo o dia, além da tentação de ficar estirado na areia da praia por horas e horas só apreciando a paisagem, o visitante também pode praticar as muitas atividades de lazer, ecoturismo e esportes de aventura oferecidos no balneário.

Estátua em praia de Búzios é homenagem a uma das principais propagadoras do balneário.

Entre as opções estão passeios de barco, mergulho, caminhadas ecológicas, surfe, vela, windsurfe e outros esportes náuticos. Búzios é considerada um paraíso também para os pescadores.

Anchovas, badejos, cações, garoupas e pargos são fisgados com facilidade em lugares como as ilhas d,e Âncora e Gravatás, os costões das praias de João Fernandinho, do Olho de Boi, da Praia do Forno e da Ponta.

O município dispõe também de muitas trilhas para a prática de mountain bike e trekking. Na Rua das Pedras, o turista encontra agências que oferecem aluguel de bicicleta e serviço de guias para os passeios e atividades na região.

Esportes como o golfe não poderiam faltar em um destino que é conhecido pelo charme e sofisticação. Búzios dispõe de um dos melhores campos de golfe do País, com 18 buracos, além de quadras de tênis e infraestrutura para aluguel de equipamentos.

Praias pedem tour caprichado

Fotos: Arquivo/TurisRio
Difícil saber por que este lugar ganhou o nome de Ilha Feia.

Elas são o mais forte apelo para atrair qualquer pessoa a fazer turismo em Búzios. A diversidade de características das praias deste resort fluminense faz com que seja impossível o turista não encontrar uma – pelo menos uma – para virar fã e querer voltar. A Praia de João Fernandes é uma das mais concorridas de Búzios. Pelas águas calmas e também porque é parada obrigatória durante os passeios de escuna.

Trilha leva à pequena Praia Azeda, uma das mais bonitas.

Quer conhecer um pouco da Búzios que existe sob as águas? Então vá à Praia de João Fernandinho. Suas águas límpidas, que mesclam tons de azul e verde são ideais para a prática de mergulho com snorkel e caça submarina. A Praia da Tartaruga também tem este perfil de aquário natural e é conhecida como as mais quentes da região.

Já a Praia Rasa, uma das maiores do município, é a melhor para a prática da vela. Para quem gosta de calmaria, as Praias da Ferradura e da Ferradurinha são os locais perfeitos – uma enseada com águas sempre calmas e cristalinas.

Por outro lado, quem adora um agito e procura as melhores ondas para o surfe vira frequentador das Praias de Geribá e Brava. Fortes ondas e mar aberto também são encontrados na Praia de Tucuns.

No centro de Búzios, a Praia do Canto, além de “quentinha”, é o cenário que se vê a partir da Rua das Pedras, aquela que concentra o comércio local. No seu lado esquerdo, ela dá acesso a outras belas praias: dos Amores e Virgens. Já a Praia da Armação é a que beira a Rua das Pedras e a Orla Bardot.

Recantos como este são cenários comuns em praias quase desertas.

As fotos estilo “cartão-postal” de Búzios geralmente mostram a Praia dos Ossos, com sua orla arborizada e repleta de barquinhos de pesca. Um cenário mesmo para quadro.

Praia Olho do Boi atrai o público naturista. E a Praia da Foca, que recebeu este nome devido ao aparecimento de um mamífero destes há alguns anos, é uma verdadeira piscina natural, cercada de rochedos. Seu mar é manso e de águas transparentes.