Os países do Mercosul vão lançar selos inspirados em suas principais atrações turísticas. O objetivo, além de incentivar o turismo na América Latina, é promover maior integração do setor. A versão brasileira da série de selos foi lançada em Bonito, Mato Grosso do Sul, uma das regiões de ecoturismo mais visitadas do Brasil. Em dezembro, em Montevidéu, haverá uma cerimônia para os quatro integrantes do Mercosul apresentarem seus selos internacionalmente.

O selo “Mercosul Turismo”, assinado pelo artista goiano Álvaro Nunes, terá um valor facial de R$ 1 e uma tiragem de 1,02 milhão de unidades. Nele, sobrepostas à imagem de uma cachoeira, estão algumas espécies da fauna local como a piraputanga, o tucano, o tuiuiú, o papagaio e a garça-branca. A vegetação típica está refletida na água e contorna o trabalho. As técnicas utilizadas pelo artista foram a aquarela e a computação gráfica.