A cena se repete a cada final de semana: diversos turistas apaixonados pela natureza e pelos esportes radicais chegam à cidade de Botucatu (SP). A cidade integra o Pólo Cuesta, que é composto por dez cidades que têm como característica comum a formação geológica ideal para a prática do ecoturismo.

Uma das principais atrações é o Parque Ecológico da Pavuna, um local belíssimo com quatro cachoeiras e quedas que variam de 20 a 80 metros.
Outra excelente opção é o Parque Natural Municipal da Cachoeira da Marta. O local abriga o vale do rio Roseira que forma um lago represado e uma cachoeira, com 37 metros de queda e piscina para banho.

Visite também o Gigante Adormecido, uma formação rochosa composta por três pedras que lembram uma pessoa deitada de barriga para cima – daí a origem do nome. Mas, se você prefere algo mais tranquilo, a dica é o passeio de trem que parte de Botucatu em direção à vizinha Concha. Durante o percurso, você vai se encantar com a beleza da região. Outro roteiro interessante é Rio Bonito Campo e Náutica.

A cidade é também uma viagem pela história. Os monumentos geográficos serviram de referência para os incas percorrerem o famoso caminho do Peabiru, trilha que ligava as terras peruanas ao Oceano Atlântico. A região foi ainda sede de fazendas de jesuítas, condes e povos de diversos países e também rota de tropeiros.