A Disney, na Flórida, é o destino que mais leva turistas brasileiros aos Estados Unidos em julho.

A partir de maio, quem tiver visto de turismo (B2) para os Estados Unidos, expirado há menos de um ano, terá mais facilidade na hora da renovação: o Consulado Geral do país em São Paulo vai dispensá-los da entrevista. O benefício já está sendo concedido há cerca de um mês para quem solicita o visto tipo B1, de negócios. Porém, os trâmites continuam os mesmos, inclusive a obrigatoriedade de ir pessoalmente solicitar a autorização. Por isso, quem pretende passar as férias de julho no país deve se apressar para não perder o prazo.

A queda do dólar tem aumentado a demanda de pessoas interessadas em ir viajar para os Estados Unidos. De acordo com dados do Consulado Geral do país em São Paulo, o número de pedidos de visto que lhe são encaminhados diariamente aumentou 40% desde maio do ano passado. Além da baixa cotação do dólar, um dos motivos seria a renovação dos vistos de dez anos de duração, que começaram a ser emitidos em 1995 e que começam a expirar agora.

Para atender a grande demanda, o Consulado aumentou o número de entrevistas de quinhentas por dia para cerca de 850 a mil, além de criar um serviço hotline para atender as pessoas que viajam a negócios ou para tratamento médico de emergência. Os interessados que estiverem nesta categoria podem enviar suas solicitações pelo e-mail visasaopaulo@state.gov ou pelo fax (11) 5186-7199.

Assessoria

Com o crescente interesse em viajar para os Estados Unidos, aumentou também o número de atendimentos nas agências que prestam assessoria para a obtenção do visto. A Bernardini Vistos, representada no Paraná pela Metas, informou que as consultorias a pessoas interessadas em obter visto para viajar para Disney em julho começaram já no início do mês passado. Segundo o gerente da Metas, Lúcio Duarte, foram 19 atendimentos prestados em um mês. Se continuar assim, Lúcio acredita que o número de atendimentos deve ultrapassar o registrado no ano passado – cinqüenta entre março e maio.

Em 2005, a empresa auxiliou cerca de 250 pessoas que precisavam de visto para os Estados Unidos, mais que o dobro que em 2004. ?Acho que aquela imagem do 11 de setembro de 2001 está desaparecendo e, agora, também com a queda do dólar, as pessoas estão voltando a viajar para lá?, disse. ?A demanda aumentou tanto, que as agendas de abril e maio para entrevistas no Consulado de São Paulo já estão lotadas?, comentou o gerente.

Procedimento

O procedimento para obtenção do visto continua o mesmo. O interessado deve ligar para (21) 4004-4950 ou acessar o site www.visto-eua.com.br, recolher a taxa de R$ 38 para ter acesso às informações gerais e para o agendamento do visto. O pagamento pode ser feito por cartão de crédito, débito em conta ou boleto bancário. Após isso, deve preencher os formulários de solicitação de visto e pagar a taxa de solicitação no Citybank – o valor é US$ 100, mas deve ser pago em reais, na cotação do dia. No dia agendado, o interessado deve ir ao Consulado em São Paulo ou à Embaixada em Brasília com os documentos necessários.

De acordo com dados divulgados pelo Consulado dos Estados Unidos em São Paulo, no ano passado, foram emitidos, no Brasil, 186.724 vistos, um aumento de 50% em relação a 2004. Do total, cerca de 118 mil foram emitidos pelo Consulado situado em São Paulo, que atende os estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul.

Serviço – A Metas situa-se na Rua XV de Novembro, 597, 1.º andar, sala 11, em Curitiba. Atende pelo telefone (41) 3232-7962. Mais informações sobre visto podem ser obtidas no site www.visto-eua.com.br ou pelo telefone (11) 5186-7000.