Fernando de Noronha é o principal
destino pernambucano para o mergulho.

Os principais destinos de aventura das secretarias estaduais de turismo serão apresentados ao público durante a Adventure Fair – Feira de Esportes e turismo de Aventura, que acontece entre 30 de outubro e 3 de novembro, no Pavilhão da Bienal do Ibirapuera, em São Paulo.

A Secretaria de Turismo de Pernambuco, que participa da feira pelo terceiro ano consecutivo, estará apresentando seus produtos juntamente com operadoras de mergulho e de esportes de aventura.

O mergulho continua sendo o forte do Estado, que tem Fernando de Noronha como seu principal destino, mas outras atividades, entre elas, vôo livre, trekking e rapel, também serão apresentadas na feira.

Outras atrações dos pernambucanos no evento são o lançamento de um vídeo com os lugares mais atraentes de ecoturismo da região, as rotas de aventura do estado (Bonito, São Benedito do Sul, São Caetano e Venturosa, entre outros) e atividades ligadas aos naufrágios ocorridos no litoral de Pernambuco.

No estande da secretaria de turismo do Rio Grande do Sul, que estará na feira pela segunda vez, treze operadoras do Estado divulgarão, entre outras atrações, o primeiro pólo de aventura, o Rio das Antas, na Serra Gaúcha, que abrange as cidades de Nova Roma do Sul, Bento Gonçalves e Caxias do Sul. “Temos projetos para criar outros pólos. O Rio das Antas foi o primeiro devido à estrutura que já existia na região.

A idéia é proporcionar ao turista várias modalidades, como rafting, cavalgada, balonismo, off road e rapel em um mesmo lugar”, explica Álvaro Machado, coordenador dos projetos de turismo e meio ambiente da secretaria.

Observação de baleias

Alguns locais para prática de esportes de aventura e turismo de observação de baleias serão os destaques do estande de Santa Catarina. Empresários da rede hoteleira catarinense, agências de ecoturismo e operadores de esportes de aventura como rapel, rafting e vôo livre, entre outros, estarão pela primeira vez na feira, com o apoio da Santur, órgão oficial de turismo de Santa Catarina. Cidades como São Francisco do Sul, São Joaquim, Campo Alegre e Itapoá fazem parte do circuito de ecoturismo do Estado. Outro destaque é a observação de baleias-franca, que visitam o litoral de Santa Catarina entre os meses de maio e outubro, período de reprodução destes mamíferos.

O chamado turismo de observação pode ser feito desde o litoral sul, no balneário de Morros dos Conventos até as enseadas de Bombinhas.