Treze Estados, quase 90 grupos confirmados. Muito artesanato, comida, decoração em todo o Recinto, atividades esportivo-culturais e muitas novidades. Olímpia estará realizando, a partir deste sábado, 8 de agosto, com término no próximo domingo, dia 16, a 45ª edição do Festival Nacional de Folclore.

Será o primeiro da gestão do prefeito Geninho Zuliani (DEM) e de seu vice Gustavo Pimenta (PSDB), por isso mudanças e novidades serão sentidas pelos participantes de 13 Estados (quase 90 grupos até agora), e também pelos visitantes no Recinto dos Festivais – Praça de Atividades Folclóricas “Professor José Sant’anna”.

“O Festival do Folclore de Olímpia efetivamente cumpre o que promete”, afirma o prefeito Geninho no convite de abertura do Festival. “Celebramos de modo espetacular nossas pátrias tradições, contribuindo para a preservação do folclore brasileiro, por meio do estímulo à permanente atividade de grupos folclóricos de diversas regiões do país, muitos dos quais, aliás, perseveram, graças à nossa festa maior”, acrescenta o prefeito.

No convite, o prefeito afirma que “não nos fartamos de ressaltar o álacre título de “Capital do Folclore”, merecidamente adquirido em virtude de ser em Olímpia, durante o festival, o local onde se congrega o maior número de manifestações folclóricas, num mesmo espaço, ao mesmo tempo”.