De acordo com a Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos da Polícia Civil do Paraná (Demafe-PR), o UFC 198 não resultou somente em festa para o público presente na Arena da Baixada, no último fim de semana, em Curitiba.

14 pessoas foram presas antes, durante e após o evento, que ficou marcado na história do MMA – foi o terceiro maior do UFC. Nove cambistas foram detidos.

Uma pessoa foi presa por lesão corporal. Três foram presos por danos ao patrimônio e um por induzir o consumidor a erro. Todos assinaram Termo Circunstanciado e foram liberados. 

De acordo com o colunista Reinaldo Bessa, da Gazeta do Povo, houve confusões nas arquibancadas e no corredor de um dos camarotes do estádio do Atlético.