Em mais um esforço contra a pirataria de suas produções, a Warner Bros decidiu abrir a possibilidade de fazer o “download” de seus filmes pela internet, tal como ocorre com arquivos musicais.

A produtora, que se associou à CinemaNow para desenvolver o projeto, escolheu para teste o filme “Harry Potter”, que poderá ser gravado por US$ 3,99. Para evitar que a cópia seja redistribuída, a CinemaNow criou com o auxílio da Microsoft um “cadeado eletrônico”, impedindo as reproduções.