E não apenas aromaterapia: acupuntura e outros métodos não-ortodoxos estão sendo usados nos oficiais considerados estressados e traumatizados por experiências de combate.

Segundo o porta-voz do Pentágono, parece que os tratamentos estão tendo sucesso. Uma unidade experimental estaria tratando os oficiais com estresse pós -traumático e, se tudo corresse bem, métodos alternativos passariam a ser incluídos nos planos.

Após as campanhas do Iraque e do Afeganistão, os americanos perceberam um aumento incrível em soldados com problemas psicológicos. O distúrbio pode causar flashbacks e confusão emocional.

Fonte: Pentágono testa aromaterapia em seus oficiais.