Experimentos realizados no Laboratório de Pesquisa em Físico-Química de Polímeros, na Universidade de Brasília (UnB), juntaram dois componentes inusitados. A adição de óleos naturais a dois tipos de polímeros gerou resultados interessantes, que poderão ter diversas aplicações.

Um produto derivado de um fruto típico da região amazônica, o óleo de buriti, foi adicionado na síntese de compósitos de poliestireno, material utilizado na produção de copos descartáveis, e do polimetacrilato de metila, matéria-prima para peças de acrílico. No primeiro caso, as conseqüências são importantes fundamentalmente para o meio ambiente.

Segundo a autora da pesquisa, Jussara Angélica Durães, o óleo de buriti mostrou-se capaz de acelerar a degradação do polímero. "Ainda é cedo para dizer com exatidão o quanto é possível diminuir o tempo de degradação do novo material. Mas, a partir do momento em que o óleo não se modifica na estrutura do polímero, existem várias partes dentro do plástico que certamente irão se degradar com mais rapidez", disse a química. Plásticos comuns podem levar até 450 anos para se decompor.

O estudo ?Compósitos fotoprotetores obtidos a partir do poliestireno e do polimetacrilato de metila dopados com óleo de buriti? foi orientado por Maria José Sales, professora do Instituto de Química da UnB. O trabalho foi desenvolvido em parceria com Sanclayton Geraldo Moreira, professor da Universidade Federal do Pará (UFPA), responsável pela extração do óleo e pelas medidas das propriedades ópticas dos compósitos.

A adição do óleo de buriti ao polimetacrilato de metila também gerou uma conseqüência importante. O polímero passou a absorver a radiação solar e a funcionar como elemento fotoprotetor. "O óleo natural faz com que o material consiga absorver radiação solar na região do ultravioleta. Isso ocorre porque o plástico incorpora com facilidade as propriedades do óleo", explica a orientadora Maria José Sales.

Os pesquisadores acreditam que o novo material poderá ser utilizado, por exemplo, na fabricação de óculos escuros para bloquear a ação do sol e na fabricação de leds, diodos emissores de luz muito utilizados em aparelhos eletrônicos.