Cientistas acreditam ter descoberto por que motivo os humanos sofrem de jetlag, a sensação de cansaço e desorientação causada por rápidas mudanças de fusos horários após vôos longos. Eles acreditam que possuímos dois centros de cronometragem em nosso cérebro – um ligado ao nosso relógio biológico e outro influenciado pelos indicadores de tempo externo (como o amanhecer e o pôr-do-sol), segundo a rede BBC. Assim, o jetlag seria causado quando esses dois centros não coincidem. Os pesquisadores da Universidade de Washington acreditam ser possível desenvolver uma droga para resolver o problema. “Se pudermos descobrir como as duas parte do cérebro são sincronizadas, nós talvez possamos encontrar um mecanismo para tratar o jetlag“, disse Horacio de la Iglesia. Dentro do sistema nervoso central, uma pequena área chamada núcleo supraquiasmático (NSQ) é responsável pela regulação de uma série complexa de ritmos chamados circadianos, inclusive sono, hormônios e temperatura do corpo. Essa região abriga a glândula pineal, onde é sintetizado o hormônio melatonina – síntese que ocorre geralmente à noite, pois está relacionada com a escuridão. Segundo os médicos, a melatonina pode retransmitir para vários órgãos, inclusive para o próprio sistema nervoso central, fatores externos, como a informação se é dia ou noite.