“(esq. p/ dir.) Oscar Fernadez,
secretário de tecnologia industrial do
MDIC, Sérgio Moreira, diretor
presidente do Sebrae e Rodrigo Baggio,
diretor executivo do CDI assinam no
auditório do SEBRAE em Brasília a
parceria para a criação das EIC/TINs

A ampliação dos mercados consumidores e a possibilidade de fechar negócios via internet são realidades que começam a fazer parte também do dia-a-dia de micro e pequenos empresários, além de empreendedores comunitários.

Uma parceria entre o CDI, o Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e o Sebrae, vai implantar em todo país 108 Escolas de Informática e Cidadania/Telecentros de Informação e Negócios (EIC/TIN), uma iniciativa pioneira que tem como objetivo não só criar oportunidades de negócio para pequenos empreendedores, mas também aproveitar a estrutura montada para levar as novas tecnologias às comunidades de baixa renda vizinhas.

“Queremos democratizar a informática em sentido amplo, criando oportunidades de todos utilizarem os recursos da era digital para o desenvolvimento econômico, social e comunitário”, comenta Rodrigo Baggio, diretor executivo do CDI. “Descobrimos que 54% dos microempresários ainda não acessa a rede simplesmente porque desconhece o seu potencial para o mundo dos negócios. Se levarmos em conta que 95% dos empregos criados nos últimos 7 anos foram gerados por micro e pequenas empresas, temos então uma questão decisiva”, complementa.

O edital de convocação para implantação de EIC/TINs prevê, em sua primeira fase, a instalação de 16 unidades em 13 municípios, com ênfase nas regiões Norte e Nordeste. As propostas aprovadas durante esta etapa formarão a base para a expansão do projeto ao longo do ano de 2003 com a abertura de outras 92 EIC/TINs.

Na divisão de responsabilidades o MDIC entrará com os equipamentos, o Sebrae investirá cerca de R$ 30 mil por unidade para a capacitação de educadores, enquanto o CDI será responsável pela seleção das organizações beneficiadas e pela metodologia de ensino. O espaço será administrado por uma organização sem fins lucrativos que irá geri-lo de acordo com a demanda local. A previsão do Sebrae é que as primeiras 16 EIC/TINs atendam cerca de 400 mil pessoas por mês.

Para fazer o download do edital, clique aqui.