O mercado de no-breaks e estabilizadores está em franco crescimento. A cada ano, aumentam as possibilidades e necessidades da utilização desses equipamentos em diversos nichos, especialmente em épocas de chuva intensa, como a do começo do ano. A incidência de raios, e consequentemente, a perda de dados e, até mesmo, a queima de aparelhos eletrônicos, causam prejuízos altos não apenas para residências, mas especialmente setores corporativos. Entretanto, o mercado chegou a um estágio de maturidade que vem se refletindo na maneira pela qual as empresas desse segmento fazem negócios. Em meio à crise econômica nacional, as competições por preços menores acabam reduzindo as margens de lucro e a percepção de qualidade dos produtos. Pensando nisso, a NHS – líder deste segmento na região sul do país – busca traçar um objetivo alternativo à redução drástica de preços para enfrentar a crise: investir na própria marca. Dessa forma, a empresa quer elevar a percepção de imagem a partir de investimento em estrutura, processos de trabalho e colaboradores.

Segundo Débora Skrobot, gestora de marketing da NHS, a empresa tem como principal objetivo a consolidação de uma imagem que remeta à qualidade, flexibilização e custo-benefício. “Nosso foco será o investimento nos processos inovadores de engenharia, que permitem aplicar o que há de mais recente em tecnologia no segmento de sistemas de energia. Além disso, queremos destacar a capacidade da empresa em flexibilizar seus processos e produtos, garantindo a customização de projetos e a consequente adaptação às necessidades específicas dos clientes”, declara.

Ainda para Débora Skrobot, a empresa pretende dar mais destaque à relação custo-benefício de seus produtos. Atualmente, a NHS possui um mix de produtos capaz de atender as demandas do mercado de sistemas de energia em diversos segmentos, de forma personalizada.

Energia do seu jeito

Com o novo posicionamento da marca, a NHS traz na nova logomarca a frase “Energia do seu jeito”. “Fazer ‘do seu jeito’ visa ir além de fazer o certo. É olhar para cada projeto e cliente como único e exclusivo, garantindo a entrega dos melhores equipamentos e serviços para cada necessidade”, explica Débora.

Desde o último trimestre de 2015, a NHS iniciou a reestruturação de todo seu setor comercial. A expectativa é de alavancar a imagem da marca como referência em sistemas de energia em todo o território nacional, desenvolver novos canais de relacionamento e intensificar os atuais com parceiros comerciais, aumentando o volume de vendas de produtos de média potência e outros do mix de maior valor agregado, garantindo maiores margens de contribuição.