Diagnósticos precisos e em tempo real das condições do oceano do litoral catarinense estão novamente disponíveis. Pesquisadores do Laboratório de Hidráulica Marítima (LaHiMar) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) acabam de iniciar a segunda fase de operação do único ondógrafo em funcionamento no Brasil. O aparelho está operando a 35 quilômetros da praia da Armação, na costa leste da Ilha de Florianópolis.

A uma profundidade de 80 metros, o ondógrafo direcional Datawell Waverider Mark II, uma esfera de aço inox com 220 quilos e 1 metro de diâmetro, irá medir principalmente a altura das marés. Mas, como o equipamento preso a uma bóia que fica na superfície oceânica está dotado de acelerômetros que percebem as oscilações da superfície do mar, os pesquisadores poderão também conhecer detalhes sobre as ondas daquela parte do litoral brasileiro.

A instalação do ondógrafo catarinense faz parte do Programa de Informação Costeira On-line (PIC). “O projeto tem uma vertente científica e outra de cunho social”, disse Eloi Melo, professor do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFSC e supervisor do LaHiMar. “Os dados coletados serão úteis para o planejamento de obras de engenharia a serem realizadas em toda a costa catarinense e, ao mesmo tempo, o estudo oceanográfico servirá para a prestação de serviços públicos à comunidade costeira local que se beneficia diretamente do mar.”

Depois de registradas durante 24 horas, as condições do mar serão processadas em um computador contido no aparelho e transmitidas via rádio para uma base receptora em terra, que está instalada no Laboratório de Peixes de Água Doce (Lapad) da UFSC, na Lagoa do Peri. Todos os dados vão estar, depois de prontos, disponíveis na internet.

O equipamento, capaz de prever a geração de ondas na forma de gráficos com dados como altura significativa, períodos de pico e velocidade do vento, contém um sensor de temperatura da água e um sistema de posicionamento GPS, para monitorar o seu deslocamento no mar. Os dados obtidos servirão de base para os trabalhos de pesquisa do LaHiMar.