São Paulo  – Mais uma vez a internet brasileira bateu um recorde. Levantamento realizado em todo o País mostrou que, em julho, os internautas passaram mais de dez horas conectados à Web a partir de computadores residenciais, tempo 27% maior que o período médio de navegação registrado no mesmo mês do ano passado.

A média de navegação de 10 horas e 22 minutos foi registrada em julho pelo Ibope eRatings e puxada, sobretudo, pelo aumento no número de acessos em banda larga. “Com o acesso em banda larga, que cresceu muito no último ano, o tempo de navegação sobe bastante”, comenta o analista de internet do instituto, Alexandre Magalhães.

Banda larga

De acordo com levantamento realizado pelo instituto, em junho o número de usuários únicos que acessaram a internet em banda larga foi de 1,58 milhão, ante os 575 mil acessos registrados no mesmo período de 2001.

“Como há tendência de expansão no número de usuários de banda larga, é muito provável que o tempo de navegação também continue crescendo nessas proporções”, afirma o analista.

Entre as causas do aumento verificado, um dos ítens com maior peso teriam sido as férias escolares, que também podem ter influenciado o tempo de navegação ao longo do mês passado. “De fato, o público da internet é jovem”, afirma Magalhães. “Mas se por um lado os alunos estão mais tempo em casa, de outro também viajam mais”, pondera.

Usuários

Além do aumento no tempo gasto na Web, que coloca o Brasil nos mesmos padrões de navegação de países desenvolvidos, o número de internautas também cresceu em julho, conforme o levantamento..

No mês passado, 7,8 milhões de usuários domésticos acessaram a internet pelo menos uma vez, equivalente a crescimento de 2,9% sobre o número de usuários únicos registrado em junho.