Na próxima vez que você for abastecer seu carro e achar que está demorando demais, pense nos engenheiros da Nasa, agência espacial dos Estados Unidos. Faz parte do trabalho deles encher o tanque da nave Discovery com quase dois milhões de litros de hidrogênio líquido e oxigênio. Isso demora grande parte do dia e deixa a Nasa com uma bela conta de combustível no fim do mês.

O oxigênio e o hidrogênio são colocados na nave através de três entradas, em uma velocidade impressionante: o oxigênio é colocado a 80 mil litros por minuto, e o hidrogênio é colocado a 215 mil litros por minuto.

O processo constante de abastecimento da nave foi parado, depois que foi detectado um problema com a válvula do tanque de combustível. “Quando fomos fechar a válvula do tanque de hidrogênio, não recebemos a indicação que ele estava fechado”, afirma Mike Moses, supervisor do programa da nave espacial.

Os engenheiros do programa espacial acreditam que o problema está nos monitores da nave, e não na válvula. Qualquer problema sério com a nave pode adiar o lançamento para outubro. A missão já foi adiada uma vez devido às más condições de tempo.

A Discovery e sua tripulação de sete pessoas serão lançados para uma missão de 13 dias para a Estação Espacial Internacional, e devem entregar no local suprimentos e novos aparelhos, como um novo freezer. A missão também levará peças extras para a Estação, para fazer consertos.

Ônibus Espacial

A Nasa planeja outras sete missões espaciais para a Estação, incluindo a viagem do Discovery. O projeto, que envolve 16 países e 16 bilhões de libras (aproximadamente 48 bilhões de reais), está quase completo, após uma década de construção a 350 quilômetros da Terra.

A agência espacial estadunidense está trabalhando com um novo tipo de nave espacial, chamada Orion, que pode viajar além da órbita da Estação Espacian Internacional e chegar até à Lua e outros destinos. Depois que o programa com as naves espaciais acabar, a Estação vai depender de veículos russos, europeus e japoneses, embora nenhum ainda tenha a capacidade da Discovery.