enkontra.com
Fechar busca

Lendas Vivas

Lendas vivas

Água Verde se tornaria um dos clubes a se transformar no Pinheiros

  • Por Edilson Pereira

O time nasceu em 1914 como Savóia, depois incorporou o Operário e virou Avaí. Algum tempo, depois passou a se chamar Brasil, mas em seguida trocou o nome para Água Verde, quando mudou a cor da camisa e o nome para se transformar em Pinheiros, que brilhou nos anos 80, até se fundir com o Colorado e dar origem ao Paraná Clube. Mas algumas destas mudanças, por incrível que pareça teve conotações políticas e internacionais. E a ordem veio de cima. No começo dos anos 40 estourou a Segunda Guerra Mundial e em 1942, o governo Getúlio Vargas aboliu o uso de nomes de clubes que homenageavam países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão), contra os quais o Brasil estava em guerra.

O Savóia foi obrigado a mudar de nome mais uma vez. Um belo dia ele amanheceu Avaí Sport Club, nome com o qual disputou o torneio início de 1942, mas na semana seguinte, no dia 3 de março de 1942 já se chamava Esporte Clube Brasil, com as cores nacionais, do Brasil. Para não arrumar confusão, o uniforme era branco e o distintivo tinha as cores brasileiras no escudo, um escudo em que se destacava o mapa do Brasil. Com este nome o time disputou competições até abril de 1944, quando, sob a alegação de que o governo proibiu a utilização do nome Brasil em clubes de futebol, mudou mais uma vez, agora para o nome do bairro: Água Verde, já que Savóia ficou “queimado” nos anos da guerra. E as cores também mudaram: agora eram verde e branca. E foi com este nome e cores que inaugurou em 15 de agosto de 1953 o estádio Orestes Thá, em Vila Guaíra, e foi campeão paranaense de 1967.

Mas as autoridades nacionais tinham mania de invocar com os nomes do clube. No dia 12 de agosto de 1971, um plebiscito alterou a denominação do Água Verde para Esporte Clube Pinheiros, que tinha uma araucária no escudo e as cores azul e branca como emblemas. O time alviverde passou a ser azul e branco para se diferenciar do Coritiba. Mas esta mudança, segundo Carneiro Neto, também foi ocasionada por influência externa. Teria sido uma sugestão indireta do então presidente da CBD (Confederação Brasileira de Desportos), João Havelange. Impressionado, durante uma visita, com a estrutura do clube, ele teria dito: “Vocês têm tudo que um grande clube precisa. Só este nome não soa bem. É muito bairrista. Com ele vocês não vão longe. Nunca terão alcance nacional”. No dia 7 de setembro, o Pinheiros inaugurou a Vila Olímpica do Boqueirão, em jogo contra o Coritiba, vencido pelo azul-celeste por 1×0.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas