Pesquisadores japoneses desenvolveram um robô que é invencível. Invencível no joquempô. Depois do computador que jamais perdia no xadrez, é a vez de Janken, o segundo protótipo com esse propósito desenvolvido pela mesma equipe da Universidade de Tóquio.

No entanto, a “estratégia” do robô é muito simples: ele processa as informações obtidas por meio do rosto do oponente e se adianta a ele. A diferença do movimento do Janken para um ser humano é de apenas 20 milésimos de segundo.

Confira no vídeo as proezas de Janken